França se nega a repetir partida da repescagem para a Copa

sábado, 21 de novembro de 2009 11:49 BRST
 

Por Patrick Vignal

PARIS (Reuters) - A Federação Francesa de Futebol (FFF) rejeitou a possibilidade de disputar novamente a partida pela repescagem da Copa do Mundo contra a Irlanda após sua controversa classificação, afirmando que a decisão da Federação Internacional de Futebol (Fifa) de manter o resultado era final.

"A decisão da Fifa é final e deve ser respeitada por ambas as federações (francesa e irlandesa)", informava o comunicado da FFF em seu site oficial (www.fff.fr).

A federação da Irlanda (FAI) apelou à Fifa por uma nova partida depois que o atacante da França Thierry Henry pôs a mão na bola para ajeitá-la para o gol de empate em 1 x 1 de William Gallas, já nos acréscimos, em Paris, na quarta-feira. O resultado classificou a França para o Mundial depois da vitória por 2 x 1 na primeira partida da repescagem.

Entretanto, como já era esperado por todos, a Fifa perdeu pouco tempo para rejeitar a solicitação.

"A Fifa respondeu ao pedido feito pela FAI de jogar novamente a partida válida pela repescagem da Copa do Mundo entre França e Irlanda", declarou a entidade em seu site oficial (www.fifa.com).

O comunicado da FFF dizia que a instituição entendia a "decepção e amargura" dos jogadores, dirigentes e torcedores irlandeses.

"A FFF nunca tentou negar que um erro de arbitragem levou o gol da França a ser validado."

A federação francesa também defendeu Henry, dizendo que ele admitiu espontaneamente ter colocado a mão na bola.   Continuação...