Henry considerou se aposentar da seleção após escândalo--jornal

segunda-feira, 23 de novembro de 2009 11:53 BRST
 

PARIS (Reuters) - Thierry Henry considerou encerrar sua carreira na seleção francesa depois do alvoroço em torno do toque de mão do jogador na vitória sobre a Irlanda que classificou a França para Copa de 2010.

"Ah, sim", disse o capitão francês segundo o jornal esportivo L'Equipe quando perguntado sobre se a aposentadoria da seleção lhe passou pela cabeça."Na sexta-feira, quando tudo foi longe demais, eu estava muito perturbado".

Henry tem sofrido muitas críticas desde que usou a mão para ajeitar a bola antes de dar passe para William Gallas empatar o jogo em 1 x 1 com os irlandeses, na quarta-feira, garantindo a classificação da França por 2 x 1 no placar somado de duas partidas.

"Não é a primeira vez (que eu penso em aposentadoria)", acrescentou Henry. "Depois da Copa de 2006, eu pensei a respeito, mas é muito cedo. Depois da Euro 2008 também, mas não era o momento certo. Havia uma geração que precisava de mim".

"Apesar de tudo que já aconteceu e o fato de que fiquei chateado, não decepcionarei meu país", acrescentou.

O jogador, que declarou que uma repetição da partida seria a solução mais justa após a Fifa ter afirmado que o resultado será mantido, disse que se arrepende da forma como comemorou o gol decisivo.

"Eu não devia ter feito aquilo, mas, francamente, foi incontrolável, depois de tudo pelo que passamos", explicou.

"O dia após o jogo, e o dia depois desse, eu me senti muito, muito sozinho", afirmou. "Foi somente depois que divulguei um comunicado que a federação francesa me contatou".

(Por Patrick Vignal)

 
<p>Foto de arquivo de Thierry Henry. Segudo o jornal esportivo L'Equipe, o jogador considerou at&eacute; encerrar sua carreira na sele&ccedil;&atilde;o francesa depois do alvoro&ccedil;o em torno do toque de m&atilde;o do jogador na vit&oacute;ria sobre a Irlanda que classificou a Fran&ccedil;a para Copa de 2010. REUTERS/Charles Platiau</p>