Polícia espanhola prende 11 suspeitos em operação antidoping

quarta-feira, 25 de novembro de 2009 12:26 BRST
 

MADRI (Reuters) - A polícia espanhola prendeu 11 pessoas numa operação para desmantelar uma quadrilha responsável por doping no esporte nesta quarta-feira, informaram autoridades num comunicado.

As ações nas cidades de Valencia, Barcelona, Murcia e Granada prenderam suspeitos acusados de cometerem crimes contra a saúde pública no esporte.

"A investigação começou no início de agosto quando a guarda civil tomou conhecimento de um grupo de pessoas... fornecendo substâncias de doping para pessoas de diferentes modalidades esportivas", disse um comunicado da polícia.

Entre os presos está um médico com consultório de atendimento a esportistas em Valencia que montava programas de treinamentos, dietas e suplementos para melhorar a atuação dos atletas.

Entre seus métodos estavam substâncias proibidas no mundo do esporte, incluindo o estimulante sanguíneo EPO e o hormônio do crescimento, além de substâncias para mascarar seu uso no corpo.

A guarda civil divulgou apenas as iniciais e ocupações dos 11 detidos, mas disse que a investigação permanece e que pode haver novas prisões.

Buscas foram realizadas em 15 endereços, incluindo casas e farmácias, onde foram encontradas grandes quantidades de substâncias proibidas.

(Por Mark Elkington)