Maradona convoca time para amistoso apesar de suspensão

sexta-feira, 27 de novembro de 2009 09:23 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina, Diego Maradona, convocou na quinta-feira a equipe que disputará o amistoso de 22 de dezembro em Barcelona contra a seleção da Catalunha, apesar de uma suspensão imposta pela Fifa.

A seleção catalã é treinada por outro ex-grande jogador, o holandês Johan Cruyff.

Maradona foi suspenso pela Fifa por dois meses, a partir de 15 de novembro, por causa dos insultos proferidos contra jornalistas depois da partida contra o Uruguai, em outubro em Montevidéu, que garantiu a classificação argentina para a Copa.

Na audiência sobre o caso, na Suíça, ele pediu desculpas. Seus assistentes Alejandro Mancuso e Hector Enrique, ambos ex-jogadores da seleção, irão dirigir o time do banco durante sua ausência.

Maradona também está banido do sorteio dos grupos da Copa, em 4 de dezembro, na Cidade do Cabo.

A convocação, divulgada pelo site da Associação de Futebol da Argentina (www.afa.org.ar), inclui a estreia do meia Cristian Alvarez, do Arsenal argentino.

Eis a lista:

Goleiros: Diego Pozo (Colon-Santa Fé), Mariano Andujar (Catania);

Defensores: Nicolas Pareja (Espanyol), Martín Demichelis (Bayern Munique), Nicolas Otamendi (Vélez Sarsfield), Cristian Ansaldi (Rubin Kazan);

Meias: Fernando Gago (Real Madrid), Maximiliano Rodriguez (Atlético Madrid), Jesús Datolo (Napoli), Angel Di María, Pablo Aimar (ambos do Benfica), Javier Mascherano (Liverpool), Mario Bolatti (Huracán), Cristian Alvarez (Arsenal, Argentina);

Atacantes: Gonzalo Higuain (Real Madrid), Sergio Aguero (Atlético Madrid), Lionel Messi (Barcelona), Martin Palermo (Boca Juniors) e Ezequiel Lavezzi (Napoli).

 
<p>Foto de arquivo de Diego Maradona. O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o argentina convocou na quinta-feira (26/11/2009) a equipe que disputar&aacute; o amistoso de 22 de dezembro em Barcelona contra a sele&ccedil;&atilde;o da Catalunha, apesar de uma suspens&atilde;o imposta pela Fifa. REUTERS/Juan Medina</p>