29 de Novembro de 2009 / às 20:04 / 8 anos atrás

Chelsea vence o Arsenal e amplia vantagem no campeonato inglês

Por Mitch Philips

LONDRES (Reuters) - O Chelsea retomou a liderança na briga pelo título do Campeonato Inglês ao vencer o Arsenal por 3 x 0 neste domingo, abrindo novamente uma vantagem de cinco pontos sobre o Manchester United.

Dois gols de Didier Drogba e um contra de Thomas Vermaelen fizeram a diferença diante do Arsenal, que venceu seus 11 jogos anteriores nas competições que está disputando e fez um grande esforço para tentar superar a defesa do Chelsea, que sofreu apenas oito gols em 14 partidas pelo campeonato inglês.

O Chelsea continua em primeiro com 36 pontos, cinco a mais que o Manchester United, que bateu o Porstmouth por 4 x 1 no sábado, com três gols de Wayne Rooney.

O Tottenham Hotspur está em terceiro com 26 pontos, com o Arsenal, que conquistou o campeonato pela última vez em 2004, em quarto com 25.

O Liverpool, que venceu o Everton por 2 x 0 no início deste domingo, está na quinta colocação com 23 pontos.

Quase não houve ameaça de gol nos primeiros 40 minutos de jogo no estádio Emirates, do Arsenal, mas a partida ganhou em emoção com dois gols quase idênticos nos quatro últimos minutos da etapa inicial.

O primeiro veio quando John Terry deu um belo passe para Ashley Cole e quando ele fez um cruzamento rasteiro para Drogba que, de alguma maneira, encontrou espaço na cabeça da área para disparar um voleio com o lado do pé para dentro do gol.

Ex-jogador do Arsenal, Cole, vaiado sem pausa pelos torcedores adversários, repetiu a jogada três minutos depois e, na tentativa de evitar que a bola chegasse a Drogba, Vermaelen a desviou para dentro do próprio gol.

O Arsenal chegou a marcar aos quatro minutos do segundo tempo, mas o gol de Andrei Arshavin foi anulado por causa de uma falta de Eduardo em Petr Cech, e o time não teve mais nenhuma grande chance de diminuir a vantagem.

Por outro lado, Manuel Almunia teve de dar um belo mergulho para salvar um chute desviado de Drogba e, quando o Arsenal finalmente não tinha mais gás, Drogba completou a impressionante vitória com uma precisa cobrança de falta.

Em outro grande clássico, o Liverpool terminou uma semana fraca com uma grande vitória para levantar o moral do time.

O Liverpool, cujas esperanças de se classificar para a próxima fase da Liga dos Campeões desapareceram no meio da semana, abriu o placar cedo quando o chute de Javier Mascherano foi desviado pelo defensor do Everton Joseph Yobo e passou por Tim Howard.

O Everton ainda teve dois gols anulados porque seus jogadores estavam em posição de impedimento e depois Pepe Reina fez duas defesas surpreendentes antes de Dirk Kuyt fechar o placar faltando dez minutos para o final da partida.

“Um clássico é sempre muito difícil e também muito importante, então, uma vitória hoje poderia nos deixar bem para o resto da temporada,” disse o técnico do Liverpool, Rafa Benitez.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below