Irlanda recorre à Fifa para ser 33a seleção na Copa do Mundo

segunda-feira, 30 de novembro de 2009 12:33 BRST
 

Por Mike Collett

JOHANESBURGO (Reuters) - A Irlanda apresentou uma solicitação à Fifa para ser incluída como 33a seleção da Copa do Mundo do ano que vem, disse o presidente da Fifa, Joseph Blatter, nesta segunda-feira.

Apesar de a eventual inclusão inédita de uma equipe extra causar sérios problemas de logística para o Mundial, Blatter disse que o comitê executivo da Fifa vai considerar a solicitação irlandesa numa reunião extraordinária na quarta-feira.

A Irlanda foi derrotada pela França na repescagem das eliminatórias europeias para a Copa com um gol irregular marcado pela França, após Thierry Henry ter dominado a bola com a mão antes de fazer uma assistência para Williams Gallas.

"Recebemos uma delegação da Irlanda na Fifa e eles estavam absolutamente insatisfeitos com o que aconteceu. Eles sabem que o jogo não pode ser repetido e que a decisão do árbitro é definitiva", disse Blatter durante feira sobre negócios no futebol Soccerex na África do Sul.

"Naturalmente eles não pediram por qualquer sanção contra qualquer jogador ou contra o árbitro, mas eles pediram, com muita humildade, 'não podemos ser o 33o time na Copa do Mundo?' Eles pediram por isso."

"Vou levar isso ao comitê executivo. Não posso confirmar o que vai acontecer, mas vou repassar a questão ao comitê executivo."

Em comunicado, a federação de futebol da Irlanda (FAI) confirmou que fez o pedido a Blatter quando uma delegação encontrou-se com o dirigente na sede da Fifa, em Zurique, na sexta-feira.

"Muita coisa foi discutida na reunião e, em um momento, a FAI perguntou se a Irlanda poderia ser acomodada na Copa do Mundo de 2010", diz o comunicado.

Fontes irlandesas disseram que não esperam que o pedido seja acatado pela Fifa, mas que o país seja recompensado de alguma outra forma, talvez sendo cabeça-de-chave nas eliminatórias para o Mundial de 2014.

O sorteio das 32 seleções para a Copa do Mundo de 2010 acontece na sexta-feira na Cidade do Cabo.

 
<p>Goleiro da Irlanda Given e outros jogadores reclamam com o &aacute;rbitro ap&oacute;s gol irregular sofrido pela equipe na repescagem das eliminat&oacute;rias para a Copa contra a Fran&ccedil;a 18/11/2009 REUTERS/Jacky Naegelen</p>