Participação da Irlanda na Copa do Mundo é impossível, diz Fifa

terça-feira, 1 de dezembro de 2009 13:10 BRST
 

Por Paul Radford

CIDADE DO CABO (Reuters) - A Fifa encerrou nesta terça-feira qualquer esperança da Irlanda de disputar a Copa do Mundo de 2010, ao declarar que seria impossível acrescentar uma 33a seleção ao torneio do ano que vem na África do Sul.

O secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke, disse em entrevista coletiva três dias antes do sorteio dos grupos para o Mundial que a Irlanda não deve manter esperanças de ganhar uma vaga extra no torneio devido ao controverso gol marcado pela França que eliminou os irlandeses na repescagem.

"Não diria que é algo sem sentido, mas é impossível", disse ele. "Não há qualquer esperança que mais um time seja acrescentado aos 32 que estarão na Copa do Mundo da África do Sul."

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, revelou na segunda-feira que a Irlanda tinha solicitado uma vaga extra no Mundial porque se sentiu roubada quando Thierry Henry dominou a bola com a mão antes de fazer uma assistência para Williams Gallas marcar o gol da classificação da França.

Valcke afirmou que, como a Irlanda apresentou uma solicitação formal, a questão será apresentada ao comitê organizador do Mundial durante reunião na quarta-feira na Cidade do Cabo.

Mas ele acrescentou que Blatter já disse claramente aos irlandeses que eles não têm qualquer chance de sucesso em sua petição.

Segundo Valcke, a inclusão de mais um time causaria muitos problemas de organização ao torneio e poderia abrir uma brecha para muitas equipes reclamarem de erros de arbitragem.

"Tivemos 853 jogos nas eliminatórias (do mundo todo)", disse Valcke. "É triste estarmos falando de apenas um jogo."