França não será cabeça-de-chave em sorteio de grupos da Copa

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 10:19 BRST
 

Por Paul Radford

CIDADE DO CABO (Reuters) - A Fifa anunciou na quarta-feira os oito cabeças-de-chave para a Copa de 2010, e a França, campeã mundial em 1998 e vice em 2006, ficou de fora do grupo.

Em entrevista coletiva, o secretário-geral da entidade Jérôme Valcke, disse que a decisão se baseou no ranking da entidade em outubro, e não teve ligação com a polêmica classificação francesa contra a Irlanda --graças a um gol originado em um toque de mão.

Os cabeças-de-chave serão a anfitriã África do Sul, a atual campeã Itália, mais Alemanha, Argentina, Brasil, Espanha, Holanda e Inglaterra.

O sorteio dos grupos acontece na sexta-feira, a partir das 15h (hora de Brasília), numa cerimônia de 90 minutos transmitida pela TV. A Copa da África do Sul irá de 11 de junho a 11 de julho.

As 32 seleções participantes serão colocadas em quatro potes: o pote 1 terá os oito cabeças-de-chave; o pote 2, seleções da Ásia, Oceania e Américas do Norte e Central; o pote 3 conterá seleções da África e América do Sul; o pote 4, seleções europeias. A intenção dessa distribuição é evitar que times do mesmo continente se enfrentem na primeira fase.

Já ficou definido que a África do Sul ficará no grupo A, o que lhe dá o direito de fazer o jogo de abertura, em 11 de junho, no estádio Soccer City, em Johanesburgo.

A França ficou assim como o mais perigoso entre os times que podem ficar no mesmo grupo que qualquer cabeça-de-chave.

Valcke disse que houve um acordo com o comitê organizador para que a distribuição refletisse o ranking de outubro da Fifa. De acordo com ele, o presidente da Uefa, Michel Platini, achava esse critério justo porque retrata um momento em que todas as seleções europeias tinham feito o mesmo número de partidas. No ranking de novembro, são incluídas também as repescagens.

De acordo com Valcke, esse acordo foi anterior à partida decisiva entre França e Irlanda, na qual Gallas marcou o decisivo gol de empate, na prorrogação, depois de receber uma bola que havia sido ajeitada com a mão por Thierry Henry.

A Irlanda protestou com veemência, e houve especulações de que a França seria "punida" pela Fifa.

 
<p>Henry em partida contra Irlanda por vaga na Copa do Mundo de 2010, em Saint Denis. A Fran&ccedil;a, campe&atilde; mundial em 1998 e finalista em 2006, n&atilde;o foi inclu&iacute;da nesta quarta-feira entre um dos oito cabe&ccedil;as-de-chave para o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2010 na &Aacute;frica do Sul.18/11/2009.REUTERS/Benoit Tessier</p>