3 de Dezembro de 2009 / às 15:34 / em 8 anos

SAIBA MAIS-Cabeças-de-chave para sorteio dos grupos da Copa-2010

<p>Foto de arquivo do t&eacute;cnico Dunga durante entrevista coletiva em Pret&oacute;ria, na &Aacute;frica do Sul, em junho de 2009 REUTERS/Paulo Whitaker</p>

(Reuters) - Veja abaixo algumas informações sobre as seleções cabeças-de-chave para o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2010, que será realizado na sexta-feira na Cidade do Cabo.

BRASIL

Histórico em Copas

Participações: 18

Melhores resultados: campeão em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. Vice-campeão em 1950 e 1998

Técnico: Dunga

Capitão da seleção brasileira campeã do mundo em 1994, se recuperando de uma experiência frustrante quatro anos antes, quando foi o bode expiatório da eliminação da equipe nas oitavas-de-final.

Foi contratado pouco depois da Copa do Mundo de 2006, apesar de não ter praticamente nenhuma experiência como treinador, para instalar a disciplina e restaurar o orgulho da equipe.

Desde então, conquistou a Copa América de 2007 e a Copa das Confederações de 2009, embora alguns puristas não gostem do estilo de jogar do time sob seu comando.

Principais jogadores

Kaká (Real Madrid), 27 anos, meio-campista.

Jogador do ano da Fifa em 2007, Ricardo Izecson dos Santos Leite, o Kaká, ainda é considerado um dos melhores jogadores do mundo. Um excelente chute de longa distância e passes incisivos são algumas das qualidades de Kaká, embora ele empolgue principalmente quando pega a bola perto do meio-campo e arranca em direção ao gol.

Presente na equipe que fracassou em 2006, Kaká tem uma medalha de campeão mundial por ter feito parte do grupo vencedor em 2002, tendo feito somente uma rápida aparição durante a campanha.

Luís Fabiano (Sevilla), 29 anos, atacante.

O “Fabuloso” marcou nove gols em 11 partidas nas eliminatórias para a Copa do Mundo, incluindo em partidas contra Uruguai, Chile, Peru e Argentina, o que fez dele o principal artilheiro do Brasil durante a campanha.

Sua combinação de potência e precisão o tornam perfeito para o estilo de jogo de Dunga, voltado ao contraataque.

Julio César (Inter de Milão), 30 anos, goleiro.

Tem se destacado como o melhor goleiro do mundo recentemente. Em várias das vitórias aparentemente fáceis do Brasil nas eliminatórias -- notadamente os triunfos por 4 x 0 sobre Venezuela e Uruguai -- ele fez a diferença com defesas espetaculares no início da partida.

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 2

Como conquistou a vaga

O Brasil atravessou a potencialmente perigosa eliminatória sul-americana com tranquilidade, garantindo a vaga no Mundial com três rodadas de antecedência, da melhor maneira possível, com uma vitória por 3 x 1 diante da arquirrival Argentina.

Os melhores desempenhos da equipe foram obtidos fora de casa, incluindo as vitórias por 3 x 0 sobre o Chile e triunfos por 4 x 0 sobre Uruguai e Venezuela.

O time teve problemas nos jogos em casa contra defesas fechadas, e ficou em empates sem gols contra Argentina, Bolívia, Colômbia e Venezuela. As únicas derrotas da equipe durante a campanha foram contra Paraguai e Bolívia, esta última na altitude extrema de La Paz, quando a equipe já tinha assegurado vaga na Copa.

Perspectivas

Dunga transformou o Brasil numa equipe implacavelmente eficiente, mesmo que não seja atrativo para se assistir. A seleção é capaz de suportar a pressão por um longo período, e então atacar o adversário com contraataques de impressionantes potência e precisão.

O ar de confiança excessiva que atrapalhou o time em 2006 tem sido afastado, o que torna o Brasil uma boa aposta para a conquista do sexto título mundial.

ÁFRICA DO SUL

Histórico em Copas

Participações: 2

Melhores resultados: eliminada na primeira fase em 1998 e 2002

Técnico: Carlos Alberto Parreira.

Vencedor da Copa do Mundo com o Brasil em 1994, Parreira voltou à África do Sul para sua segunda passagem no comando da equipe após a demissão de Joel Santana em outubro. O treinador havia sido inicialmente contratado para comandar os anfitriões no Mundial de 2010, mas se demitiu por conta de problemas de saúde de sua mulher em abril de 2008. Já participou de Copas do Mundo como treinador também do Kuweit, Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita.

Principais jogadores

Steven Pienaar (Everton), 27 anos, meio-campista

MacBeth Sibaya (Rubin Kazan), 31 anos, meio-campista

Tsepo Masilela (Maccabi Haifa), 24 anos, lateral.

Posição no ranking da Fifa em dezembro de 2009: 66

Como conseguiu a vaga

A África do Sul se classificou para o Mundial como país-sede, mas foi a primeira seleção anfitriã a disputar as eliminatórias desde a Itália em 1934, pois o torneio classificatório dos países africanos para a Copa também serviu como eliminatória da Copa das Nações Africanas de 2010. O time realizou uma campanha fraca, ficando em segundo lugar no seu grupo atrás da Nigéria, e não conseguiu vaga no torneio continental como um dos melhores segunco colocados.

Perspectivas

Poucos acreditam que o país anfitrião tem alguma chance, por conta de seu baixo ranking, mas com um pouco de impulso os Bafana Bafana ainda podem surpreender alguns. Eles provaram seu potencial ao dar trabalho na derrota por 1 x 0 nos minutos finais para o Brasil na semifinal da Copa das Confederações.

ALEMANHA

Histórico em Copas

Participações: 16

Melhor resultado: Campeã em 1954, 1974 e 1990. Vice-campeã em 1966, 1982, 1986 e 2002

Técnico: Joachim Loew

Loew assumiu após a Copa do Mundo de 2006, substituindo Juergen Klinsmann. Ele levou a equipe à final da Euro 2008, sendo derrotado pela Espanha, e também confia numa boa campanha em sua primeira Copa do Mundo como treinador.

Principais jogadores

Michael Ballack (Chelsea), 33 anos, meio-campista

Mario Gomez (Bayern de Munique), 24 anos, atacante

Lukas Podolski (Colônia), 24 anos, atacante

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 6

Como conseguiu a vaga

A Alemanha liderou o Grupo 4 das eliminatórias europeias com uma campanha sem sustos e invicta com oito vitórias em 10 partidas -- incluindo dois triunfos contra a rival Rússia.

Perspectivas

Os dirigentes do futebol alemão afirmam que a equipe pode conquistar sua quarta Copa do Mundo, com os jogadores também estando confiantes em uma boa campanha na África do Sul no ano que vem. No entanto, atuações abaixo do esperado contra seleções de ponta podem ser um grande obstáculo.

ARGENTINA

Histórico em Copas

Participações: 14

Melhores resultados: campeã em 1978 e 1986. Vice-campeã em 1930 e 1990

Técnico: Diego Maradona

Capitão da equipe campeã em 1986 e na final de 1990, Maradona foi contratado de forma polêmica em novembro de 2008, apesar da pouco experiência como treinador, para suceder Alfio Basile, que se demitiu na metade da campanha das eliminatórias. É amplamente criticado pelo que os críticos chamam de planejamento tático deficiente. Quase não consegui classificar a Argentina para a Copa.

Principais jogadores

Lionel Messi (Barcelona), 22 anos, atacante.

Javier Mascherano (Liverpool), 25 anos, meio-campista.

Juan Sebastián Verón (Estudiantes), 34 anos, meio-campista.

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 8

Como conseguiu a vaga

A Argentina precisou vencer o Uruguai na última rodada das eliminatórias sul-americanas para garantir a quarta posição na competição de 10 equipes, para pôr fim a uma campanha fraca na qual a equipe foi goleada fora de casa por 6 x 1 diante da Bolívia e perdeu em casa para o Brasil por 3 x 1.

Perspectivas

Apesar da fraca campanha nas eliminatórias, a Argentina tem uma grande quantidade de jogadores de talento e sempre é uma grande ameaça em competições importantes. Maradona tem seis meses para formar um bom time e transformá-lo numa equipe coesa.

ESPANHA

Histórico em Copas

Participações: 12

Melhor resultado: 4o lugar em 1950

Técnico: Vicente del Bosque

Teve uma carreira bem-sucedida como jogador do Real Madrid e da seleção espanhola antes de se tornar treinador e levar o Real a dois títulos da Liga dos Campeões e dois títulos espanhois. O técnico de 58 anos substituiu Luis Aragonés após a conquista da Espanha na Eurocopa de 2008 e comandou a equipe na campanha das eliminatórias para o Mundial com 10 vitórias em 10 jogos.

Principais jogadores

Xavi (Barcelona), 29 anos, meio-campista

David Villa (Valencia), 27 anos, atacante

Iker Casillas (Real Madrid), 28 anos, goleiro

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 1

Como conseguiu a vaga

A Espanha classificou-se para o Mundial da África do Sul com duas rodadas de antecedência e venceu todas as suas 10 partidas. A equipe conseguiu vitórias cruciais em casa e fora contra Turquia -- incluindo uma virada por 2 x 1 em Istambul -- Bélgica e Estônia.

Perspectivas

Após o título na Euro 2008, que encerrou um jejum de 44 anos sem uma conquista, e devido à excelente campanha nas eliminatórias, a Espanha está entre as principais favoritas para conquistar o título na África do Sul, que seria o seu primeiro num Mundial. Com Del Bosque no comando e um elenco de qualidade, será uma grande surpresa se os espanhois não chegaram pelo menos às semifinais.

HOLANDA

Histórico em Copas

Participações: 8

Melhor resultado: vice-campeã em 1974 e 1978

Técnico: Bert van Marwijk

Assumiu a seleção após Marco van Basten em julho de 2008. Van Marwijk iniciou sua carreira como técnico com o Fortuna Sittard e levou o time à final da Copa da Holanda em 1999. Em 2002, conquistou a Copa da Uefa com o Feyenoord.

Principais jogadores

Robin van Persie (Arsenal), 26 anos, atacante

Mark van Bommel (Bayern de Munique), 32 anos, meio-campista

Dirk Kuyt (Liverpool), 29 anos, atacante

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 3

Como conseguiu a vaga

Venceu todos os oito jogos em seu grupo contra Escócia, Noruega, Macedônia e Islândia, marcando 17 gols e sofrendo dois.

Perspectivas

Espera-se que os holandeses avancem da fase de grupos. A partir de então, dependerá da forma física de jogadores como Van Persie e Arjen Robben. Seleção holandesa tem potencial de conquistar a taça.

INGLATERRA

Histórico em Copas

Participações: 12

Melhores resultados: Campeã em 1966

Técnico: Fabio Capello

Ex-meio-campista da seleção com histórico de sucesso por clubes após assegurar títulos italianos com Milan, Roma, Juventus e Real Madrid e uma Copa Europeia com o Milan.

Principais jogadores:

Wayne Rooney (Manchester United), 24 anos, atacante

Steven Gerrard (Liverpool), 29 anos, meio-campista

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 9

Como conseguiu a vaga

Teve sua melhor campanha nas eliminatórias, vencendo oito jogos seguidos, garantindo a classificação com dois jogos de antecedência.

Perspectivas

Após exagerarem no favoritismo em 2006 e na maioria dos torneios que disputou, haverá pouca empolgação sob comando de Capello. A Inglaterra deve chegar às quartas-de-final e poderá, se Rooney manter-se em forma, avançar ainda mais.

ITÁLIA

Histórico em Copas

Participações: 16

Melhores resultados: campeã em 1934, 1938, 1982 e 2006. Vice-campeã em 1970 e 1994

Técnico: Marcello Lippi

Liderou o time italiano ao título de 2006. Retornou ao posto após a demissão de Roberto Donadoni devido à uma campanha ruim na Eurocopa de 2008.

Principais jogadores:

Andrea Pirlo (Milan), 30 anos, meio-campista

Fabio Cannavaro (Juventus), 36 anos, zagueiro

Gianluigi Buffon (Juventus), 31 anos, goleiro

Posição no ranking da Fifa em novembro de 2009: 4

Como conseguiu a vaga:

Terminou no topo de seu grupo nas eliminatórias sem perder nenhum jogo, mas três empates e performances sem brilho geraram críticas da imprensa.

Perspectivas

A atual campeã está longe de ser favorita devido à falta de criatividade e um ataque duvidoso. Alberto Gilardino, da Fiorentina, deve ser o principal atacante do time na formação 4-4-2.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below