África do Sul e México vão abrir Copa do Mundo de 2010

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 17:36 BRST
 

Por Paul Radford

CIDADE DO CABO (Reuters) - A anfitriã África do Sul enfrentará o México na partida de abertura da Copa do Mundo do ano que vem, em 11 de junho, num grupo muito competitivo que terá também dois campeões mundiais -- França e Uruguai. As chaves da Copa foram sorteadas nesta sexta-feira na Cidade do Cabo.

Se os anfitriões pegaram um grupo difícil, o mesmo aconteceu com o Brasil, que terá de encarar no Grupo G a estrelada seleção de Portugal e a melhor equipe da África, a Costa do Marfim, além da Coreia do Norte.

O zagueiro sul-africano Matthew Booth, que participou do sorteio, disse após a definição das chaves que sua equipe terá "um grupo muito difícil, mas não esperávamos um fácil."

Mais confortável será a situação da atual campeã, a Itália, que ficou no Grupo F, ao lado de Paraguai, Nova Zelândia e Eslováquia.

Um pouco mais difícil será o caminho da Alemanha no Grupo D, que tem também Austrália, Sérvia e Gana.

No grupo B, a Argentina enfrenta Nigéria, Coreia do Sul e Grécia. O Grupo E será formado por Holanda, Dinamarca, Japão e Camarões. Espanha, Suíça, Honduras e Chile estarão no Grupo H.

A Inglaterra, no Grupo C, repetirá o histórico confronto de Belo Horizonte em 1950, quando foi derrotada pelos Estados Unidos por 1 x 0, numa das maiores zebras da história das Copas. Argélia e Eslovênia também estarão nessa chave.

O ex-capitão da seleção inglesa David Beckham, que também atuou no sorteio, disse que "é uma honra e um privilégio estar na primeira Copa na África."

Antes do sorteio, o presidente da África do Sul, Jacob Zuma, fez a ousada previsão de que o troféu continuará no continente depois do fim da Copa, em 11 de julho, dando a entender que considera que alguma das seis seleções africanas ganhará o torneio.

 
<p>O secret&aacute;rio-geral da FIFA Jerome Valcke faz o sorteio dos grupos para a Copa do Mundo de 2010, que contou com a participa&ccedil;&atilde;o da atriz sul-africana Charlize Theron e do jogador de futebol ingl&ecirc;s David Beckham. REUTERS/Siphiwe Sibeko</p>