Nadal e Ferrer garantem dois pontos à Espanha na final da Davis

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009 22:30 BRST
 

BARCELONA (Reuters) - David Ferrer venceu Radek Stepanek e deu à Espanha o segundo ponto na final da Copa Davis diante da República Tcheca, depois que Rafael Nadal fez um emocionante retorno às quadras de saibro ao derrotar Tomas Berdych.

Nadal venceu rapidamente por 7-5, 6-0 e 6-2, enquanto Ferrer triunfou com parciais de 1-6, 2-6, 6-4, 6-4 e 8-6 e terminou a partida exausto.

"Foi uma vitória épica, mas não servirá para nada se não ganharmos o título", disse Ferrer em entrevista coletiva. "É uma vitória importante, claro, mas temos que ganhar tudo para que possamos saborear".

No saibro de Barcelona, no lotado Palau San Jordi, Nadal, tenista número 2 do mundo, teve um começo difícil antes de se impor sobre Berdych.

"Depois do primeiro set comecei a jogar muito melhor", disse Nadal em entrevista coletiva. "Pude controlar os pontos muito melhor e não cometi tantos erros."

Berdych teve a oportunidade de ameaçar Nadal no primeiro set, mas o espanhol conseguiu a quebra decisiva, fechando a primeira parcial em uma hora e oito minutos.

Tetracampeão de Roland Garros, mas que havia perdido seus últimos quatro jogos do circuito profissional, Nadal mostrou um desempenho totalmente diferente no segundo e terceiro sets.

Na terceira parcial, ele conseguiu 13 games consecutivos diante de um Tomas Berdych completamente sobrecarregado.

"Perdi contra um grande Rafa (Nadal). Isso pode acontecer", lamentou o tcheco.

A Espanha, que venceu a competição três vezes, defende o título conseguido no ano passado ao ganhar da Argentina na final. Os tchecos só venceram o torneio uma vez, sob o nome de Tchecoslováquia, em 1980.

(Reportagem de Kevin Fylan)