Líder, Bayer Leverkusen empata sem gols com o Hannover

sábado, 5 de dezembro de 2009 15:46 BRST
 

BERLIM (Reuters) - O Bayer Leverkusen perdeu neste sábado a chance de abrir seis pontos na liderança do Campeonato Alemão ao empatar por 0 x 0 com o Hannover 96.

O Leverkusen, que vive o seu melhor começo de temporada, com 15 jogos de invencibilidade, não mostrou o habitual ímpeto ofensivo contra a forte defesa dos donos da casa. A maior chance perdida ocorreu em uma cabeçada de Stefan Kiessling, tirada em cima da linha pela defesa.

O resultado levou o Bayer a 31 pontos após 15 partidas, quatro a mais que o vice-líder, Werder Bremen, que pode diminuir a vantagem para apenas um ponto se derrotar o Colônia no domingo.

O Bayern de Munique derrotou o Borussia Moenchengladbach por 2 x 1 na sexta-feira e chegou ao terceiro lugar, também com 27 pontos. O quinto, Schalke 04, enfrenta o lanterna, Hertha Berlim, no domingo.

O Leverkusen dominou a posse da bola no começo do primeiro tempo, mas teve seu trabalho dificultado pelo Hannover. Os visitantes tiveram a chance de marcar com o meio-campista Toni Kroos, mas o goleiro adversário defendeu a tentativa.

O arqueiro só foi vencido na metade do segundo tempo, quando Kiessling, artilheiro da Bundesliga, cabeceou para o gol. O lateral-esquerdo Konstantin Rausch, no entanto, tirou a bola em cima da linha, impedindo o 14o gol do jogador da seleção alemã no torneio.

O Hannover poderia ter obtido a vitória com dez minutos para o fim, mas Hanno Balitsch não conseguiu vencer o goleiro Rene Adler.

O Borussia Dortmund conseguiu estender sua sequência invicta para oito partidas ao golear o Nuremberg por 4 x 0, gols de Kevin Grosskreutz e Lucas Barrios no início do jogo. Mohamed Zidan e Mats Hummels completaram o placar, em resultado que deixou o time na sétima colocação, com 24 pontos.

O Hamburgo, que está no quarto lugar, com 25 pontos, falhou ao tentar se aproximar dos primeiros colocados. O time empatou sem gols com o Hoffenheim em um jogo apático.

 
<p>A cabe&ccedil;ada de Stefan Kiessling, do Bayer Leverkusen, foi a jogada mais pr&oacute;xima do gol no jogo contra o Hannover 96, que terminou no 0 a 0. REUTERS/Ahmad Masood</p>