Everton salva pênalti e empata com o Spurs

domingo, 6 de dezembro de 2009 17:29 BRST
 

Por Mitch Phillips

LONDRES (Reuters) - Dois gols em 12 minutos febris e um pênalti salvo pelo goleiro Tim Howard na prorrogação deram ao Everton um empate de 2 x 2 com o Tottenham Hotspur pouco merecido mas muito necessário neste domingo.

O Spurs passeava após os gols de Jermain Defoe e Michael Dawson, mas o Everton reagiu com gols de Louis Saha e Tim Cahill, antes do pênalti de Defoe ser salvo pelas pernas de Howard.

O resultado deixa o Spurs na quarta colocação com 27 pontos no campeonato inglês, um atrás do Arsenal após sua vitória de 2 x 0 sobre o Stoke City em casa no sábado.

O Chelsea, derrotado por 2 x 1 pelo Manchester City, ainda lidera a tabela com 36 pontos, dois acima do Manchester United, que bateu por 4 x 0 o West Ham United.

O Spurs foi o melhor em campo desde o início, mas teve que esperar até o segundo minuto da etapa final para encontrar a abertura do placar, quando Defoe aproveitou um cruzamento baixo de Aaron Lennon.

O time ampliou a vantagem pouco depois graças a uma cabeçada do zagueiro central Dawson após um escanteio.

O Everton, que tem sofrido com jogadores contundidos, não teve nenhum zagueiro de destaque após a saída de Joseph Yobo, e Peter Crouch, atacante do Tottenham, em duas ocasiões chegou perto do gol.

O Everton mal ameaçou, mas o bom trabalho do jovem zagueiro reserva Seamus Coleman abriu o caminho para o também reserva Saha devolver um gol a 12 minutos do final, e Cahill levou os torcedores à loucura ao fazer o gol de empate aos 41 minutos do segundo tempo.

Wilson Palacios em seguida foi derrubado por Tony Hibbert, mas Howard salvou o chute fraco de Defoe da marca do pênalti e freou a queda do Everton rumo à zona de rebaixamento.

Ainda no domingo, o Fulham bateu o Sunderland por 1 x 0 com um gol de Bobby Zamora logo no início.