Leonardo mantém serenidade contra euforia no Milan

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009 18:00 BRST
 

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - O técnico brasileiro do Milan, Leonardo, cuja equipe enfrenta um jogo decisivo pela classificação para a próxima fase da Liga dos Campeões na terça- feira, disse que seu time não será levado por uma onda de euforia após uma boa vitória no fim de semana.

O time italiano precisa vencer o campeão suíço FC Zurich fora de casa para se classificar às oitavas-de-final da competição europeia sem depender do resultado do Olympique de Marselha x Real Madrid, a outra partida do Grupo C.

O Milan está em segundo lugar no grupo com oito pontos, dois atrás do Real e um à frente do time francês. O Zurich já está eliminado, mas sua única vitória na campanha foi justamente contra o Milan, na Itália.

A equipe de Leonardo chegará motivada para a partida decisiva após receber uma série de elogios pela vitória de 3 x 0 sobre a Sampdoria, no fim de semana, que reduziu a vantagem da líder Inter de Milão para quatro pontos no Campeonato Italiano.

"Esse elenco é muito maduro, há entusiasmo, mas não euforia", disse Leonardo em entrevista coletiva.

"Não tenho preocupação quanto à forma que a equipe vai se comportar", acrescentou Leonardo, que sobreviveu a duras críticas no início de sua primeira temporada como treinador.

"Temos que manter a concentração e jogar por 90 minutos. Nosso objetivo é vencer, o que nos dará a classificação. O importante é que nós dependemos apenas de nós mesmos", afirmou.

O Milan, que está otimista sobre a recuperação de Ronaldinho Gaúcho de uma lesão a tempo de enfrentar o Zurich, pode se classificar até mesmo com um empate ou derrota, desde que o Olympique não tenha um resultado melhor.