December 14, 2009 / 6:42 PM / 8 years ago

Campeã olímpica de natação Libby Trickett se aposenta

3 Min, DE LEITURA

<p>A tricampe&atilde; ol&iacute;mpica de nata&ccedil;&atilde;o Libby Trickett se aposentou das competi&ccedil;&otilde;es aos 24 anos nesta segunda-feira, abrindo m&atilde;o de sua chance de competir nos Jogos Ol&iacute;mpicos de 2012 em Londres. (Foto Arquivo Reuters)Daniel Munoz (AUSTRALIA)</p>

SYDNEY (Reuters) - A tricampeã olímpica de natação Libby Trickett se aposentou das competições aos 24 anos nesta segunda-feira, abrindo mão de sua chance de competir nos Jogos Olímpicos de 2012 em Londres.

A aposentadoria de Trickett foi anunciada após seu intervalo dos treinos desde o campeonato mundial desse ano em Roma, onde ela não ganhou a medalha de ouro.

"Eu acredito sinceramente que deixei (o esporte) num ponto alto para mim", disse Trickett a repórteres em Sydney.

"Não sinto que eu estava me tornando mais lenta e não sinto nem um pouco que eu estava ficando menos competitiva. Estou me aposentando por conta própria. Não estou sendo forçada a fazê-lo", afirmou.

A australiana, que conquistou uma medalha de prata e duas de bronze em Roma e se negou a usar os novos trajes de poliuretano que serão proibidos a partir do ano que vem, disse que considerou a aposentadoria logo após o Mundial.

Ela decidiu, no entanto, tirar um tempo longe das raias para tomar uma decisão ponderada antes de desistir da chance de conquistar o ouro olímpico em seus favoritos 100 metros livre em Londres.

Trickett conquistou três medalhas de ouro olímpicas, uma em Atenas-2004 e mais duas em Pequim no ano passado, além de oito medalhas de ouro em campeonatos mundiais, incluindo um recorde de cinco títulos em Melbourne em 2007.

A nadadora, que competiu com seu nome de solteira, Libby Lenton, antes de se casar com Luke Trickett em 2007, havia perdido a maioria de seus recordes mundiais desde a introdução dos novos trajes de natação.

Ela disse que iria agora concluir seu diploma universitário, ingressar numa nova carreira em comunicação e, no tempo certo, começar uma família. "Eu comecei a perceber meu instinto maternal provavelmente no ano passado, quando minha irmã teve um bebê", disse ela.

"Diria que tenho esse instinto mais que meu marido, mas não é o tempo certo para começarmos uma família".

Reportagem de Greg Stutchbury

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below