Renault vai revelar futuro na F1 na quarta-feira

terça-feira, 15 de dezembro de 2009 17:29 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A Renault vai anunciar na quarta-feira seu futuro na Fórmula 1, após semanas de especulação se a montadora francesa planeja vender sua participação majoritária na equipe ex-campeã mundial.

A empresa disse que o presidente da equipe, Bernard Rey, e o diretor Jean-François Caubet vão conceder uma entrevista coletiva em Paris "para apresentar a posição da Renault na Fórmula 1."

O chefe comercial da F1, Bernie Ecclestone, disse na semana passada que a Renault estava avaliando diversas propostas pela equipe, que foi campeã mundial em 2005 e 2006 com o piloto espanhol Fernando Alonso.

Um dos favoritos para adquirir a equipe é o empresário baseado em Luxemburgo Gerard Lopez, fundador da empresa de investimentos em tecnologia Mangrove Capital Partners, que também foi investidor do Skype.

"Nós vemos a questão toda como uma oportunidade", disse Lopez durante fórum de automobilismo em Mônaco na semana passada.

"A situação é tão boa agora que fornece uma oportunidade para novas equipes e novos investidores --esse não é um momento de incerteza, mas um momento de mudança."

"Momento de mudança normalmente é um ponto de entrada. Acreditamos que há uma chance de se entrar no esporte e construir uma plataforma que terá de se reinventar. Se nós formos fazer parte da F1, seríamos parte dessa reinvenção."

A Renault, cuja equipe foi o centro do escândalo de manipulação de uma corrida em 2008 envolvendo o piloto brasileiro Nelsinho Piquet, não comentou qualquer especulação.

A equipe contratou o piloto polonês Robert Kubica para ser um dos pilotos titulares em 2010.

(Reportagem de Alan Baldwin)