Ex-técnico do Manchester City diz estar surpreso com demissão

domingo, 20 de dezembro de 2009 15:28 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O técnico Mark Hughes, demitido do Manchester City, disse neste domingo não ter sido avisado de sua dispensa e acusou os proprietários do clube de encaminhar seu sucessor pelas suas costas.

Hughes foi demitido no sábado e o time imediatamente indicou o italiano Roberto Mancini em seu lugar.

"Fui informado depois da partida de ontem contra o Sunderland que meu contrato com o Manchester City foi rescindido com efeito imediato," disse Hughes em um comunicado emitido pela Associação de Empresários da Liga.

"Apesar da mídia ter dito o contrário, eu não recebi nenhum aviso da decisão do clube."

"Dada a rapidez com que a indicação de meu sucessor foi anunciada, parece que o clube já havia tomado sua decisão há um bom tempo."

O Man City só perdeu dois jogos na liga inglesa nesta temporada, mas só venceu duas das 11 partidas que disputou, e Hughes disse estar decepcionado por não ter conseguido levar adiante seus planos no que é o clube mais rico do mundo na atualidade.

"No início da temporada me reuni com os donos e concordamos que um objetivo realista seria um sexto lugar (no campeonato inglês)," disse ele.

"Tudo isso foi comunicado aos jogadores e todos sabíamos onde estávamos pisando."   Continuação...

 
<p>O t&eacute;cnico Mark Hughes, demitido do Manchester City, disse neste domingo n&atilde;o ter sido avisado de sua dispensa e acusou os propriet&aacute;rios do clube de encaminhar seu sucessor pelas suas costas. REUTERS/Darren Staples</p>