Marta é escolhida pela 4a vez melhor do mundo pela Fifa

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009 18:08 BRST
 

ZURIQUE (Reuters) - A atacante brasileira Marta foi escolhida nesta segunda-feira a melhor jogadora do mundo pela Fifa pela quarta vez seguida, após conquistar o prêmio em 2006, 2007 e 2008.

"Estou realmente surpresa", discursou emocionada ao receber o prêmio. "É inevitável não se emocionar nesse momento. No dia em que eu parar de me emocionar não vou mais ter prazer em jogar futebol."

A jogadora, que nesta temporada conquistou o título norte-americano pelo Los Angeles Sol e a primeira edição feminina da Copa Libertadores pelo Santos, disputava a honra de ser a melhor jogadora de futebol do planeta pela sexta vez consecutiva.

Ela deixou para trás a também brasileira Cristiane, as alemãs Birgit Prinz e Inka Grings e a inglesa Kelly Smith.

Com a conquista do prêmio de melhor do mundo em 2009, a alagoana de 23 anos, duas vezes vice-campeã olímpica com a seleção brasileira em Atenas-2004 e Pequim-2008, supera a alemã Prinz e se torna a jogadora mais premiada pela entidade que comanda o futebol mundial.

"Estou muito feliz por ter ganhado pela primeira vez quatro vezes consecutivas e (por) uma mulher ter conseguido esse título", afirmou.

O troféu de 2009 também transforma a brasileira em soberana da premiação da Fifa quando se leva em conta os homens. Quatro vezes vencedora do prêmio, ela supera o atacante Ronaldo, atualmente no Corinthians, e o astro francês Zinedine Zidane, já aposentado. Ambos são recordistas entre os homens com três troféus.

A jogadora agradeceu também ao Los Angeles Sol, ao Santos e à seleção brasileira e fez um apelo de incentivo ao futebol feminino.

"É um título individual, mas pra mim é coletivo", declarou. "Espero que não para mim particularmente, mas para o futebol feminino de modo geral, que seja um incentivo e que cada dia mais essa modalidade possa crescer".

 
<p>Atacante Marta, em foto de arquivo, foi escolhida pela 4a vez melhor do mundo pela Fifa. REUTERS/Paulo Whitaker</p>