Organizadores pedem mais entusiasmo do público africano com Copa

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009 13:11 BRST
 

Por Mark Gleeson

JOHANNESBURGO (Reuters) - O público sul-africano precisa mostrar mais entusiasmo com a Copa do Mundo de 2010 que será realizada no país, disseram organizadores do evento nesta quarta-feira.

As vendas locais de ingressos têm sido fracas. Pouco mais de metade dos ingressos foram comprados por sul-africanos.

Danny Jordaan, executivo-chefe do comitê organizador, disse que a Copa será uma das maiores iniciativas de construção nacional empreendidas desde o fim do apartheid.

"O desafio agora é mobilizar a nação. O país precisa que cada sul-africano, em sua comunidade e em seu local de trabalho, se mobilize e decida o que vai fazer para dar as boas-vindas ao mundo em 2010", disse Jordaan em mensagem de Ano Novo.

"Cada sul-africano precisa perguntar-se: 'O que estou fazendo para ser um bom anfitrião na Copa do Mundo de 2010?'"

Jordaan disse que o público local deveria aproveitar a oportunidade de assistir aos melhores jogadores do mundo jogando em seu país.

"Não percamos a oportunidade de admirar o talento deles, de desfrutá-lo e nos maravilharmos com ele", disse.

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, já criticou a África do Sul anteriormente pelo pouco clima de antecipação alegre no período que antecede a Copa, que terá início em 11 de junho.

 
<p>Foto de arquivo do presidente do comit&ecirc; organizador da Copa do Mundo de 2010, na &Aacute;frica do Sul, antes do sorteio das chaves para o Mundial. Jordaan pediu mais entusiasmo e mobiliza&ccedil;&atilde;o dos sul-africanos com a Copa do Mundo. REUTERS/Mike Hutchings</p>