Ecclestone duvida que Briatore retorne à F1

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010 12:14 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - É pouco provável que Flavio Briatore volte à Fórmula 1 no futuro próximo, apesar de um tribunal francês ter revogado o banimento do ex-chefe da equipe Renault, disse o chefe comercial da categoria, Bernie Ecclestone.

"Ele está feliz por ter vencido, é claro. Mas não disse que quer voltar à Fórmula 1, e eu não acho que ele vá voltar", disse o britânico ao jornal Daily Mail da quarta-feira, depois de conversar com o italiano.

Briatore foi banido inicialmente em setembro pela conspiração para fraudar o resultado do Grande Prêmio de Cingapura 2008, fazendo o piloto brasileiro Nelson Piquet cometer um acidente proposital.

"A coisa ainda não acabou, de maneira alguma", disse Ecclestone, falando das batalhas judiciais que ainda estão pela frente. "Só porque um juiz maldito disse o que disse, isso não faz diferença. Nada mudou."

"O tribunal disse que estava errado, então a FIA pode começar tudo de novo com nova audiência, e a coisa vai se arrastar. Isso é o pior. Seria melhor que todos se reunissem em volta de uma mesa e vissem o que se poderia fazer."

A Federação Internacional de Automobilismo, atualmente sob a liderança do ex-chefe da Ferrari Jean Todt, indicou que vai continuar a combater a decisão judicial, com um recurso que provavelmente levará muito meses ainda a ser decidido.

"A capacidade da FIA de excluir aqueles que intencionalmente põem em risco a vida de outros nunca antes foi posta em dúvida, e a FIA está analisando suas opções de recurso muito cuidadosamente neste momento", disse a FIA em comunicado à imprensa.