Angola prende dois envolvidos em ataque a seleção de Togo

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010 07:34 BRST
 

LUANDA (Reuters) - Autoridades angolanas prenderam duas pessoas que, segundo afirmam, participaram de um ataque armado ao ônibus que levava a seleção de futebol de Togo que participaria da Copa de Nações Africanas em Angola, matando dois membros da delegação.

O procurador angolano Antonio Nito disse em comunicado que as duas pessoas presas pertencem à Frente para a Libertação do Enclave de Cabinda (FLEC), um movimento separatista que há três décadas trava uma guerra com o governo angolano.

"Os dois elementos da FLEC foram capturados no local do incidente, a estrada de Massabi, que liga os dois países (Angola e Congo)", disse o procurador no comunicado, publicado no site na Internet da agência de notícias estatal Angop.

(Reportagem de Henrique Almeida)