Angola cede empate após vencer por 4 x 0; Togo vai embora

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010 09:57 BRST
 

LUANDA (Reuters) - A Copa Africana de Nações começou no domingo de forma dramática, com oito gols na partida inaugural e Togo indo embora depois do atentado que sofreu na semana passada.

Os donos da casa, abalados com o incidente contra os convidados na província de Cabinda, na sexta-feira, chegaram a abrir 4 x 0 sobre a seleção do Mali, no novíssimo estádio 11 de Novembro, em Luanda. Nos 11 minutos finais, porém, os malineses reagiram, com dois gols de Seydou Keita, do Barcelona, e uma violenta cabeçada de Frederic Kanouté, ex-jogador do ano na África.

Os oito gols deixaram a partida inaugural com apenas um tento a menos do que o recorde na Copa Africana, que dura 47 anos.

"No futebol moderno você tem sempre de acreditar, e tem de ser mentalmente forte", disse o capitão malinês, Mahamadou Diarra, a jornalistas. "Nosso mundo estava de ponta-cabeça não segundo tempo, mas com a nossa experiência mantivemos nossa frieza e voltamos ao jogo."

Enquanto o torneio começava com uma cerimônia colorida e carnavalesca, a delegação do Togo voltava de Cabinda para o seu país, onde vigora um luto oficial de três dias pela morte de dois integrantes da comitiva.

Os corpos do auxiliar técnico Amelete Abalo e do assessor de imprensa Stanislas Ocloo, vítimas da emboscada dos separatistas de Cabinda, acompanharam os jogadores em um jato que partiu do Togo para recolhê-los. O motorista do ônibus do Togo também morreu na emboscada.

Antes da partida, funcionários passaram a maior parte do dia em reuniões. Vários jogadores anunciaram a jornalistas que desejavam permanecer em Angola e disputar o torneio, mas o governo togolês acabou confirmando a desistência.

Houve rumores de que Togo ainda poderia voltar ao encrave de Cabinda para fazer seus três jogos pelo Grupo B, mas o mais provável é que esse grupo fique com apenas três equipes

Burkina Faso e Costa do Marfim, adversária do Brasil na Copa do Mundo em junho, abrem o Grupo B às 16h (14h em Brasília) no estádio Chazi. Pelo Grupo A, em Luanda, a Argélia pega o Malaui.

 
<p>O goleiro de Angola Carlos Alberto mergulha para pegar bola em Luanda em partida contra Mali. A Copa Africana de Na&ccedil;&otilde;es come&ccedil;ou no domingo de forma dram&aacute;tica, com oito gols na partida inaugural e Togo indo embora depois do atentado que sofreu na semana passada.10/01/2010.REUTERS/Amr Abdallah Dalsh</p>