January 12, 2010 / 4:59 PM / 8 years ago

Nelsinho Piquet anuncia que correrá na Nascar em 2010

3 Min, DE LEITURA

<p>Piloto Nelsinho Piquet, em foto de arquivo, anunciou que correr&aacute; na Nascar em 2010.Jose Manuel Ribeiro</p>

SÃO PAULO (Reuters) - O ex-piloto da Renault Nelsinho Piquet anunciou nesta terça-feira que correrá pela categoria norte-americana Nascar em 2010, após ter deixado a Fórmula 1 envolto numa enorme polêmica no ano passado.

O brasileiro revelou a existência de um escândalo de manipulação no GP de Cingapura de 2008, após ser demitido pela escuderia francesa no meio da temporada.

"Eu tinha que escolher uma direção e essa foi uma decisão difícil a ser tomada. Ser bem sucedido na Fórmula 1 sempre foi o meu objetivo, mas aprendi que felicidade é tão importante quanto ambição", disse o piloto em seu site oficial (www.npiquet.com).

"A Nascar é extremamente competitiva e jamais alguém 'de fora' conseguiu chegar e vencer na categoria. Será um desafio incrível e algo totalmente novo para mim", acrescentou Nelsinho, que afirmou que o período que passou na principal categoria do automobilismo "não saiu como planejado".

Nelsinho não revelou por qual equipe disputará o campeonato da Nascar, e afirmou que dará mais detalhe sobre sua participação na categoria norte-americana em breve.

Após ser demitido pela Renault, o brasileiro denunciou que o ex-chefe da Renault Flavio Briatore ordenou que ele batesse propositalmente durante o GP de Cingapura de 2008 para beneficiar o então companheiro de equipe Fernando Alonso, que venceu a prova.

Como resultado do escândalo, a Renault recebeu uma suspensão "condicional" e, em caso de reincidência, poderá ser punida. Já Briatore foi banido do esporte, decisão recentemente revertida por um tribunal francês. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) vai recorrer da decisão da Justiça francesa.

Nelsinho e Alonso não foram punidas pela entidade que comanda o automobilismo.

O episódio, no entanto, diminuiu as chances de Nelsinho conseguir vaga no grid da Fórmula 1 em 2010, apesar da estreia de quatro novas equipes na categoria este ano. O piloto disse, no entanto, que pretende voltar a competir no automobilismo europeu no futuro.

"Seguramente eu ainda competirei na Europa no futuro, mesmo porque um dos meus maiores sonhos sempre foi vencer as 24 Horas de Le Mans um dia", disse.

Três brasileiros têm vaga garantida na Fórmula 1 em 2010. Além de Felipe Massa, que segue na Ferrari, Rubens Barrichello se transferiu da Brawn (agora chamada Mercedes GP) para a Williams e Bruno Senna e Lucas di Grassi estrearão na categoria pela Campos e pela Virgin, respectivamente.

Por Eduardo Simões

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below