Maradona vai visitar base da Argentina na Copa em Pretória

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010 12:00 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Diego Maradona vai retomar neste fim de semana suas funções como treinador da seleção argentina e visitará a base escolhida pela equipe para a Copa do Mundo, em Pretória, após uma suspensão de dois meses imposta pela Fifa por ter insultado jornalistas.

A suspensão de Maradona chega ao fim nesta sexta-feira, depois que o técnico foi punido pelos comentários agressivos dirigidos a repórteres em Montevidéu depois que a Argentina se classificou para a Copa da África do Sul com uma vitória por 1 x 0 sobre o Uruguai, em outubro.

Uma delegação da Associação Argentina de Futebol (AFA), liderada por Maradona, viajará no domingo para a capital sul-africana para visitar as instalações da Universidade de Pretória, onde sua equipe ficará durante o Mundial, de 11 de junho a 11 de julho, disse a AFA em seu site na Internet.

Maradona direcionou seus comentários em Montevidéu à imprensa argentina, que criticou a atuação da equipe e a forma de trabalhar do treinador durante as eliminatórias sul-americanas para o Mundial.

Durante a suspensão, Maradona não pôde participar do sorteio dos grupos da Copa, no dia 4 de dezembro, na Cidade do Cabo. A Argentina foi sorteada no Grupo B, junto com Coreia do Sul, Nigéria e Grécia, equipes que o ex-capitão da seleção enfrentou como jogador nas Copas de 1986 e 1994.

(Por Rex Gowar)

 
<p>Diego Maradona vai retomar suas fun&ccedil;&otilde;es como treinador da sele&ccedil;&atilde;o argentina ap&oacute;s uma suspens&atilde;o de dois meses imposta pela Fifa por ter insultado jornalistas. (Foto de arquivo) REUTERS/Sergio Perez</p>