Aumenta pressão sobre a Nigéria antes de jogo contra o Benin

sábado, 16 de janeiro de 2010 13:37 BRST
 

Por Mark Gleeson

BENGUELA, Angola (Reuters) - A pressão está aumentando sobre o técnico da Nigéria, Shaibu Amodu, antes do complicado teste de sua seleção diante do Benin na Copa Africana de Nações, neste sábado.

A derrota por 3 x 1 para o atual campeão Egito, na terça-feira, no jogo de abertura do Grupo C, deixou os nigerianos parecendo vulneráveis para o jogo contra seu pequeno vizinho, em Benguela.

Problemas no tornozelo vão manter o atacante-chave, Obafemi Martins, fora do segundo jogo consecutivos, mas Amodu espera mudar o quadro.

Mais tarde no sábado, o Egito deve ampliar sua séria de 14 jogos invictos na Copa Africana de Nações ao enfrentar Moçambique, no estádio Ombaka.

Outra vitória pode garantir a classificação às quartas-de-final para os egípcios, que buscam um inédito tricampeonato na competição.

O grande foco, no entanto, estará na classificada para a Copa do Mundo Nigéria, com o cargo de Amodu continuando a ser o assunto a ser discutido em seu país.

O Benin, que empatou em 2 x 2 com Moçambique, é liderado pelo atacante Razak Omotoyossi, um dos jogadores que nasceram na Nigéria e que integram a seleção.

Na sexta-feira, a Costa do Marfim se tornou o primeiro time a se classificar para as quartas-de-final depois de bater Gana por 3 x 1, em Cabinda.