Diretor do Sporting pede demissão após briga com Liedson

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010 15:59 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O diretor de futebol do Sporting, Ricado Sá Pinto, pediu demissão de seu cargo nesta quinta-feira depois de se envolver em uma briga com o atacante Liedson. O incidente ocorreu no vestiário após um jogo da Copa de Portugal.

"Após as ocorrências entre o diretor de futebol Ricardo Sá Pinto e Liedson, o conselho abriu um inquérito disciplinar sobre o caso. Enquanto isso, Sá Pinto apresentou sua demissão, que foi aceita", informou o site oficial do Sporting (www.sporting.pt).

Sá Pinto e Liedson discutiram no campo após a vitória do Sporting por 4 x 3, em casa, contra o time da segunda divisão Mafra, na quinta rodada da Copa de Portugal.

Segundo a mídia local, Liedson se zangou com uma bronca que Pinto deu no goleiro Rui Patricio. Os dois continuaram a discussão no vestiário, onde trocaram socos.

Sá Pinto, que jogou 177 jogos em duas passagens pelo Sporting, foi nomeado diretor de futebol em novembro de 2009.

Com 37 anos, ele encerrou sua carreira na equipe belga Standard Liege em 2007 e foi capitão em 55 jogos, se envolvendo em outra briga violenta em 1997, quando empurrou o técnico Artur Jorge por excluí-lo da seleção.

(Reportagem de Shrikesh Laxmidas)