Paraguaio Cabañas apresenta melhora após ser baleado no México

terça-feira, 26 de janeiro de 2010 17:32 BRST
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O atacante da seleção paraguaia de futebol Salvador Cabañas, que foi baleado na cabeça na madrugada de segunda-feira, mostrava sinais de melhora, mas seguia em estado grave, disse nesta terça-feira o médico que o atende.

O jogador de 29 anos do América foi ferido depois de se envolver em um incidente num bar da Cidade do México. As autoridades investigam o caso, mas uma tentativa de roubo foi descartada.

Ernesto Martínez, o médico que operou o atacante depois do incidente, disse que as próximas horas são cruciais para se ter uma ideia mais clara sobre a evolução do quadro clínico.

"A situação é favorável mas segue sendo grave, ainda temos que cuidar dele intensamente", disse Martínez durante entrevista coletiva.

Cabañas foi ferido no banheiro de um conhecido bar noturno, em um bairro nobre da cidade. O jogador estava no local com a esposa, segundo o promotor da capital, Miguel Ángel Mancera.

"O plano de hoje é iniciar a nutrição por meio de uma sonda e poder começar a trabalhar com fisioterapia para evitar que os músculos percam força", disse Martínez.

Cabañas começou sua carreira em 1997 nos times 12 de Octubre e Guaraní de Paraguai. Em 2001, foi contratado pelo Audax Italiano do Chile e chegou ao México em 2003, onde começou a jogar no Jaguares de Chiapas. Desde 2006 está no América.

Embora em 2006 tenha sido convocado pela seleção paraguaia, não chegou a jogar nenhuma partida. Mas na fase das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, ele foi um dos jogadores mais importantes da seleção e jogou 14 dos 18 jogos.

(Reportagem de Henry Romero e Carlos Calvo)

 
<p>Atacante da sele&ccedil;&atilde;o paraguaia de futebol Salvador Caba&ntilde;as, que foi baleado na cabe&ccedil;a, mostra sinais de melhora, mas segue em estado grave (foto de arquivo). REUTERS/Henry Romero</p>