ENTREVISTA-Chefe da A1 discute compra parcial da Campos F1

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010 11:54 BRST
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Tony Teixeira, chefe da categoria A1 GP, disse estar conversando com a equipe Campos Meta sobre a possível compra de parte da nova equipe espanhola de Fórmula 1.

"Estou falando com a Campos, mas não sou o único", disse à Reuters em entrevista telefônica o empresário sul-africano nascido em Portugal, acrescentando que a situação estará mais clara na próxima semana.

"Existe mais de um grupo conversando com a Campos e para nós é preciso que seja um acordo que envolva a A1", acrescentou. "É tudo pela A1. Minha ambição é trazer a A1 para a F1."

A "Copa do Mundo das Corridas de Automóveis", idealizada por Teixeira, teve que cancelar as primeiras três etapas desta temporada devido a problemas gerados pela liquidação de seu braço de operações britânico.

A rodada final da A1, agendada para Assen em maio, também foi cancelada.

O chefe da A1 disse em setembro passado que um financiamento de longo prazo havia sido firmado após a reestruturação financeira. No entanto, fontes internas esperam que as cinco etapas restantes sejam canceladas antes da tentativa de relançar a categoria ainda neste ano.

O fundador da Campos Meta e ex-piloto da F1, Adrian Campos, dirigiu a Team México na A1 e Teixeira disse estar discutindo qualquer coisa desde patrocínios até participação acionária parcial ou total com o espanhol. "Será o que for melhor para nós."

O objetivo seria usar a Campos para divulgar a A1 e abrir um caminho para a A1 na Fórmula 1 como uma categoria anterior que levasse à F1.   Continuação...