Mercedes não é uma montadora de verdade, diz Ferrari

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 16:04 BRST
 

MARANELLO, Itália (Reuters) - A Mercedes não é uma verdadeira montadora de veículos para a Fórmula 1 e Michael Schumacher retornou às pistas graças à Ferrari, disse nesta quinta-feira o presidente da escuderia italiana, Luca di Montezemolo.

O heptacampeão mundial, que deu as costas à sua antiga escuderia ao abandonar a aposentadoria e se juntar à Mercedes, não foi citado durante o lançamento do carro 2010 da Ferrari, mas Montezemolo não conseguiu se esquivar das perguntas.

"Não falaremos sobre Schumacher", disse Montezemolo em coletiva de imprensa antes de comentar sobre as diferenças entre a Ferrari e a Mercedes, que comprou a Brawn.

"Tenho muito respeito pela Mercedes. Tenho dito e repito que é bom ver o envolvimento total deles na Fórmula 1. Mas é um envolvimento diferente para nós", afirmou em um prédio na "Piazza Michael Schumacher" na casa espiritual da Ferrari no norte da Itália.

"O envolvimento deles é baseado na Inglaterra. Eles compraram a Brawn".

Montezemolo está orgulhoso do coração italiano da Ferrari e o fato de ser a única montadora a ter participado de todas as 60 temporadas da Fórmula 1.

Ele não acredita que a fabricante alemã possa reproduzir a atmosfera, mesmo se Schumacher levou alguns dados com ele, especialmente por ter trabalhado como consultor do novo carro.

"Honestamente, não estou mais preocupado sobre quais segredos vazaram com Schumacher", disse Montezemolo.

"Fui eu que coloquei a ideia de retornar à F1 na cabeça dele", afirmou.

(Reportagem de Mark Meadows)