Paraguaio Cabañas segue em estado grave após ser baleado

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010 11:21 BRST
 

Por Carlos Calvo

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - Salvador Cabañas, estrela da seleção paraguaia de futebol, continuava nesta quinta-feira em estado grave, mas estável, após receber um tiro na cabeça em um bar no México, no que, segundo a imprensa local, foi uma briga por conta do desempenho do atacante na equipe do América.

Cabañas, 29 anos, foi baleado na madrugada de segunda-feira aparentemente depois que seu agressor criticou sua falta de gols no América, disseram jornais locais citando a declaração às autoridades de um empregado que limpava o banheiro onde ocorreu o disparo.

O agressor apontou para a cabeça de Cabañas e o jogador o desafiou a apertar o gatilho, segundo a declaração.

Nesta temporada, o jogador paraguaio tem um dos mais destacados do América, uma das equipes mais populares do México.

"O edema cerebral parece começar a baixar, seus sinais são melhores, começa a ter movimentos, e isso é muito bom", disse Ernesto Martínez, o médico que o operou, em coletiva de imprensa na noite de quinta-feira.

"Devemos esperar porque ele não está fora de perigo, segue com todos os riscos (...), claro que pode piorar", acrescentou.

Cabañas, artilheiro de sua seleção, foi ferido no banheiro de um conhecido local noturno em um bairro tranquilo da cidade, onde apareceu acompanhado por sua esposa e outro familiar.

"Não podemos despertá-lo ainda porque está muito inquieto e não é o momento, temos que continuar apoiando com uma boa oxigenação e trabalhando com sua nutrição para que continue evoluindo", explicou Martínez.   Continuação...

 
<p>Atacante paraguaio Salvador Caba&ntilde;as, em foto de arquivo, segue em estado grave ap&oacute;s ser baleado. REUTERS/Henry Romero</p>