Daiane foge de punição maior, é suspensa por 5 meses por doping

sexta-feira, 29 de janeiro de 2010 11:39 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A ginasta Daiane dos Santos foi suspensa por cinco meses pela Federação Internacional de Ginástica (FIG) após ter sido flagrada em exame antidoping por uso de substância proibida, anunciou a entidade nesta sexta-feira.

Daiane foi submetida a um exame fora de competição em 2 de julho de 2009 e testou positivo para a substância furosemida, encontrada em medicamentos diuréticos. A ginasta estava sujeita a até dois anos de suspensão.

"A ginasta brasileira está suspensa por um período de cinco meses a partir de 27 de janeiro de 2010 ou do dia que a decisão foi tomada pela Comissão Presidencial, ressaltando assim a decisão apresentada pela Comissão Disciplinar da FIG", informou a entidade em seu site na Internet.

Tanto Daiane quanto a Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) podem recorrer da decisão.

Em dezembro, Daiane compareceu à Comissão Disciplinar da FIG, em Lausanne, para dar suas explicações sobre o caso.

Após ter sido flagrada no exame, a ginasta afirmou ter realizado tratamento de redução de gordura localizada com o uso da substância furosemida e que os medicamentos utilizados estavam relacionados em sua ficha.

A brasileira, especialista na prova de solo, foi campeã do mundo da modalidade em 2003 em Anaheim, nos Estados Unidos.

Daiane disputou os Jogos Olímpicos de Atenas 2004 e Pequim 2008. Na Grécia, ela chegou como grande favorita ao pódio, mas errou a execução de um salto na final e acabou em 5o lugar. Quatro anos depois, ela voltou à final olímpica e ficou em 6o.

 
<p>Ginasta Daiane dos Santos, em foto de arquivo, foi suspensa por 5 meses ap&oacute;s ser flagrada em exame antidoping por uso de subst&acirc;ncia proibida. REUTERS/Cesar Ferrari</p>