Schumacher volta no tempo em retorno à Fórmula 1

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010 17:02 BRST
 

Por Alan Baldwin

VALÊNCIA, Espanha (Reuters) - Empolgado como uma criança com seu novo brinquedo, o heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher voltou no tempo em seu primeiro teste com o carro de F1 da equipe Mercedes nesta segunda-feira.

"De alguma forma é como se fosse 1991", disse o ex-piloto da Ferrari, que abandonou sua aposentaria aos 41 anos e, após três anos de ausência, completou suas primeiras 40 voltas no circuito Ricardo Tormo, em Valência.

"Quando eu entrei na Fórmula 1 fiquei impressionado logo na primeira volta e fiquei muito empolgado na segunda volta e nas voltas seguintes. E exatamente hoje eu me senti como um pequeno menino que tem um brinquedo em suas mãos e se diverte muito."

O alemão, piloto mais bem-sucedido da história da F1 com 91 vitórias, fechou o primeiro dia de treinos oficiais do ano com o terceiro melhor tempo.

Em um dia marcado por retornos, o piloto da Ferrari voltou a ditar o ritmo na pista seis meses após ter sofrido um grave acidente no Grande Prêmio da Hungria do ano passado.

O segundo mais veloz do dia foi o espanhol Pedro de la Rosa, ex-piloto de testes da McLaren que, aos 38 anos, assinou para correr pela Sauber neste ano.

No entanto, todos os olhos estavam voltados para Schumacher quando o piloto alemão tirou a Mercedes prata dos boxes e seguiu em direção à pista sob os raios do sol na Espanha.

O também alemão Nico Rosberg, companheiro de Schumacher, havia mais cedo completado 39 voltas com o melhor tempo em 1min13s543, mas Schumacher foi mais rápido após apenas 19 voltas. Ele encerrou o dia com seu melhor tempo de 1min12s947, de acordo com os tempos do circuito.   Continuação...

 
<p>O piloto de F&oacute;rmula 1 da Mercedes, o alem&atilde;o Michael Schumacher, treina no circuito de Cheste, perto de Val&ecirc;ncia, na Espanha, nesta segunda-feira. REUTERS/Dani Cardona</p>