Protestos aguardam tocha olímpica em Vancouver

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 20:10 BRST
 

Por Mary Milliken

VANCOUVER (Reuters) - A tocha olímpica chega nesta semana a Vancouver, sede da Olimpíada de Inverno, onde será recebida com protestos, embora os organizadores tenham dito na segunda-feira que não temem incidentes na última etapa do maior percurso de uma tocha olímpica na história.

Terão sido 45 mil quilômetros de viagem em canoa, trenó e snowboard, entre outros veículos tipicamente canadenses, até que a tocha chegue na noite de sexta-feira ao estádio coberto onde ocorrerá a cerimônia de abertura dos Jogos.

Os organizadores ainda não informaram quem usará a tocha para acender a pira olímpica que arderá durante as duas semanas do evento.

"Não estou preocupado com perturbações", disse John Furlong, executivo-chefe do Vanoc (comitê organizador local). "As pessoas ficarão na calçada para manifestar sua opinião, confiamos de que o farão de uma forma tradicionalmente canadense - respeitosamente", acrescentou.

A Rede da Resistência Olímpica, um dos muitos grupos contrários à realização da Olimpíada de Inverno, convocou uma manifestação na sexta-feira para "dar as boas-vindas à tocha olimpíca de 2010 com Jogos livres, liberdade de expressão e comida livre (gratuita)".

Críticos se queixam de que o dinheiro gasto na organização dos Jogos poderia ter um melhor uso na solução de problemas sociais do Canadá. Em edições anteriores dos Jogos de Inverno, como em Turim-06, a passagem da tocha já havia motivado protestos.

Furlong disse que os primeiros 102 dias de trajeto da tocha transcorreram sem incidentes, e que a segurança se empenhará de que seja assim nos quatro dias finais.

"Temos uma completa confiança de que (os seguranças) cuidarão disso e que a atmosfera no estádio, nos arredores e na cidade às 18h de sexta-feira será fantástica", disse Furlong.

Um dos participantes do revezamento no último dia será o governador da Califórnia, o ex-ator Arnold Schwarzenegger, que entregará a chama ao bicampeão olímpico britânico Sebastian Coe.

 
<p>Manifestantes contra a pobreza demonstram sua vers&atilde;o da tocha ol&iacute;mpica nas ruas de Vancouver, British Columbia. A tocha verdadeira chega nesta semana &agrave; cidade sede da Olimp&iacute;ada de Inverno. REUTERS/Andy Clark 07/02/2010</p>