Dunga mantém base e deixa Ronaldinho fora de amistoso

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 13:34 BRST
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - As esperanças de Ronaldinho Gaúcho de jogar a Copa do Mundo 2010 diminuíram nesta terça-feira, depois que o técnico Dunga deixou o meia do Milan de fora da penúltima lista de convocados antes do Mundial da África do Sul.

Ronaldinho, que jogou pela última vez pelo Brasil em abril do ano passado, fez algumas boas partidas pelo Milan recentemente e havia uma expectativa em torno de seu retorno à equipe para o amistoso do dia 2 de março contra a Irlanda, em Londres.

Dunga, no entanto, preferiu chamar atletas mais versáteis, como Gilberto, do Cruzeiro, e Kléberson, do Flamengo, para o último amistoso agendado do Brasil antes do Mundial, que vai de 11 de junho a 11 de julho.

"Todo jogador tem chances. Nesse momento, ele não faz parte", disse Dunga a jornalistas, na sede da CBF no Rio de Janeiro, após o anúncio dos 22 convocados.

Apesar de ausente da lista, Ronaldinho dominou a entrevista de Dunga, que chegou dar sinais de irritação com a insistência dos jornalistas.

"Veja como as coisas se repetem. Já é a quinta pergunta idêntica. Acho que até o dia da lista final todos tem chance. Todos estão em jogo", despistou o treinador.

Dunga disse que pretende anunciar a lista dos 23 jogadores que vão disputar o Mundial em maio e, em junho, ela será encaminhada à Fifa.

O treinador sinalizou que o grupo para a Copa está praticamente fechado e há poucas vagas abertas.   Continuação...

 
<p>T&eacute;cnico Dunga concede entrevista coletiva ap&oacute;s convocar a sele&ccedil;&atilde;o brasileira para amistoso contra a Irlanda REUTERS/Sergio Moraes</p>