ENTREVISTA-Scolari bate o martelo: Brasil será campeão na África

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010 20:42 BRST
 

Por Pedro Fonseca

SÃO PAULO (Reuters) - Luiz Felipe Scolari tem certeza: o Brasil será campeão do mundo este ano na África do Sul.

O otimismo do último técnico campeão mundial com a seleção brasileira baseia-se no que ele considera ser a repetição na atual equipe de um dos pontos fundamentais para sua conquista de 2002, o bom ambiente do grupo.

"Eu acredito piamente que o Brasil estará na final e vencerá essa final", disse Scolari à Reuters, nesta quinta-feira, em entrevista por telefone desde Tashkent, capital do Uzbequistão, onde treina o Bunyodkor desde o ano passado.

"Por aquilo que me falam alguns jogadores e algumas pessoas da comissão técnica do Dunga, o ambiente é muito parecido com o da seleção de 2002. E isso a gente nota nas competições e nos jogos que o Brasil tem jogado. Portanto, é um grande handicap (vantagem) para o Brasil ganhar mais uma Copa do Mundo", acrescentou.

Responsável por formar a chamada "Família Scolari", que deu ao Brasil seu quinto título mundial na Coreia do Sul e Japão há oito anos, Felipão endossa a postura de Dunga de valorizar a manutenção de um grupo comprometido, mesmo que para isso tenha que deixar de fora grandes nomes cobrados pela mídia e pela torcida.

Se em 2002 Scolari era pressionado para convocar Romário, Dunga foi questionado por deixar Ronaldinho Gaúcho fora da convocação para o amistoso do mês que vem contra a Irlanda, o último do Brasil antes da divulgação da relação dos nomes para o Mundial.

Há oito anos a firmeza do então treinador vingou e o Brasil voltou com o título. Dunga defende que não se pode abrir mão de jogadores comprometidos com a equipe para dar espaço às estrelas que estão de fora. E Felipão o apoia.

"O Dunga montou uma seleção razoavelmente nova, teve comando, teve amizade, montou um ambiente, e eu sei o quanto é interessante ter um ambiente efetivamente na seleção, porque se consegue muito mais do que aquilo que se imagina", afirmou o treinador, de 61 anos, conhecido por seu estilo linha-dura.   Continuação...

 
<p>O t&eacute;cnico Luiz Felipe Scolari acredita que o Brasil conquistar&aacute; o t&iacute;tulo da Copa do Mundo de 2010. Foto de arquivo. REUTERS/Eddie Keogh</p>