COI se diz próximo de acordo com patrocinadores olímpicos

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010 10:43 BRST
 

Por Karolos Grohmann

VANCOUVER (Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) negocia com cerca de dez possíveis patrocinadores importantes, e um acordo pode ser assinado com um ou dois deles, disse nesta quinta-feira o diretor de marketing da entidade, Gerhard Heiberg.

"Não se nega que tivemos alguma dificuldade por causa da crise financeira mundial. Mas as coisas melhoraram, sentimos que estamos em um terreno mais firme", disse Heiberg numa sessão do COI. "Temos discussões com 10-12 empresas aqui e tomara que possamos trazer algumas delas, uma ou duas delas, para tornar o faturamento um pouco mais alto."

O COI atualmente tem nove grandes patrocinadores para as Olimpíadas de Vancouver-2010 e Londres-12, num valor total de 883 milhões de dólares. A entidade esperava chegar a 1 bilhão de dólares, com 10 ou 11 patrocinadores, antes dos Jogos de Inverno de Vancouver, que vão de 12 a 28 de fevereiro.

O programa de patrocínios do COI para um pacote que abrangia os Jogos de Turim-06 e Pequim-08 resultou em um faturamento de 866 milhões de dólares.

Detalhes financeiros desses contratos não são divulgados, mas grandes empresas costumam pagar cerca de 100 milhões de dólares em dinheiro e permutas pelo direito de estar entre os principais patrocinadores olímpicos num período de quatro anos, o que inclui uma Olimpíada de Inverno e uma de Verão.

Os grandes patrocinadores confirmados para os Jogos de Vancouver e Londres são: Coca-Cola, Acer, Atos Origin, GE, McDonald's, Omega, Panasonic, Samsung e Visa.

Atos Origin, Panasonic e Samsung já ampliaram seus patrocínios até a Olimpíada do Rio-16. Coca-Cola, Visa e Omega prorrogaram os seus até 2020.