Paradinha no pênalti será discutida pela International Board

sábado, 13 de fevereiro de 2010 14:08 BRST
 

Por Brian Homewood

ZURIQUE (Reuters) - A entidade que regulamenta o futebol irá discutir o uso de tecnologia na linha de gol, a paradinha na hora da cobrança de pênalti e a utilização de bandeirinhas extras atrás dos gols em seu próximo encontro em março.

A International Football Association Board (Ifab) irá considerar também mudanças nas regras no que diz respeito ao tratamento de jogadores contundidos, de acordo com a agenda divulgada pela Fifa, e debater a expulsão automática do último jogador que impedir uma chance clara de gol com uma falta.

A pressão tem crescido para permitir o uso da tecnologia, especialmente depois do incidente em que Thierry Henry colocou a mão na bola durante as eliminatória da Copa do Mundo na partida entre França e Irlanda.

Henry colocou a mão na bola duas vezes antes do gol decisivo que deu a vitória por 2 x 1 para França, mas o árbitro não viu.

A Ifab irá também discutir a experiência este ano na liga europeia, quando um bandeirinha extra será colocado atrás de cada gol para ajudar o árbitro em relação a infrações cometidas dentro da área.

A paradinha na hora do pênalti, permitida atualmente a menos que o juiz considere uma atitude antidesportiva, chamou a atenção com um incidente feio durante a Copa Africana de Nações.

ÁRBITRO AGREDIDO

O goleiro da Argélia, Fawzi Chaouchi, se enfureceu quando o egípcio Hosni Abd Rabou fez a paradinha antes da cobrança de pênalti, perseguiu o árbitro, o agarrou por trás e deu uma cabeçada nele antes de ser retirado pelos colegas de time.   Continuação...