February 14, 2010 / 7:37 PM / 7 years ago

Azar e chuvas pairam sobre os jogos na Canadá

3 Min, DE LEITURA

Por Brian Rhoads

VANCOUVER (Reuters) - A chuva incessante estragou o

treino do downhill feminino neste domingo, descartando o esqui na primeira semana da Olimpíada de Inverno nos alpes, enquanto os atletas de luge buscavam o ouro em uma pista encurtada para reforçar a segurança após a morte de um competidor da Geórgia.

A má sorte tem assombrado os jogos de Vancouver desde a morte de Nodar Kumaritashvili, de 21 anos, que faleceu após voar para fora da pista e colidir com uma pilastra durante o treino de sexta-feira.

O clima ruim tem difucultado algumas provas e as perspectivas do Canadá ganhar sua primeira medalha como anfitrião.

Os organizadores cancelaram um treino de downhill feminino marcado para este domingo. A prova masculina de sábado foi cancelada e o super combinado feminino, também planejado para o domingo, foi adiado para quinta-feira.

Após a tragédia, a Federação Internacional de Luge (FIL na sigla em inglês) e os organizadores dos jogos alteraram o que vinha sendo saudado como a pista mais rápida do mundo, encurtando o percurso deslocando os competidores para a largada feminina mais abaixo, embora tenham dito ser seguro.

A decisão da medalha do luge deveria começar na tarde do domingo, assim como os treinos feminino e de duplas.

O biatlon masculino, o esqui masculino freestyle, o combinado Nórdico e o speed skating feminino mostraram mais perspectivas de medalhas.

Os canadenses ainda não conquistaram um ouro em casa, apesar de terem sediado os jogos em Montreal e Calgary, e desta vez eram grandes as esperanças de que a maldição seria quebrada já no primeiro dia de competição no sábado.

O Canadá investiu mais de 110 milhões de dólares no "Own the Podium" (Mande no Pódio, em tradução livre), um programa concebido para colocar o país no topo do ranking de medalhas, incluindo um bom número de ouros, e esperava um retorno rápido do investimento.

John Furlong, chefe dos jogos, disse na semana passada: "Realmente gostaríamos de nos livrarmos do azar."

Mas a seca de medalhas de ouro continuou na terceira Olimpíada canadense no sábado, quando a norte-americana Hannah Kearney tirou a vitória no mogul em esquis da local Jenn Heil na última bateria do dia.

"Placar no final do primeiro dia: Azar 1, Canadá o," brincou um colunista do jornal Toronto Globe and Mail neste domingo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below