Vancouver abraçou Olimpíada como nenhuma outra cidade, diz Rogge

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 09:23 BRT
 

Por Karolos Grohmann

VANCOUVER (Reuters) - O entusiasmo em Vancouver por conta da Olimpíada de Inverno não tem paralelo com o que já aconteceu em qualquer outra cidade-sede, disse o presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, na quarta-feira.

Centenas de milhares de pessoas lotam as ruas de Vancouver diariamente, os ingressos para os eventos olímpicos estão esgotados e a audiência da TV canadense está significativamente maior do que na Olimpíada de Inverno de 2002, em Salt Lake City, a última vez que os Jogos de Inverno foram realizados na América do Norte, em um fuso horário parecido.

"A questão que mais impressiona é o entusiasmo", disse Rogge a um pequeno grupo de repórteres de agências de notícias. "Nunca vi uma cidade abraçar os Jogos como Vancouver", acrescentando que a cidade de Sydney teve entusiasmo parecido durante os Jogos de Verão em 2000.

"Mas você não pode comparar Jogos de Verão com a Olimpíada de Inverno. O que você vê na cidade é absolutamente extraordinário", afirmou.

"Foi uma organização muito boa e refletirei isso no meu discurso final (na cerimônia de encerramento dos Jogos em 28 de fevereiro). Os atletas estão felizes, uma vila excelente, o sistema de transportes funcionou e estamos absolutamente vibrantes com a audiência da televisão", disse um sorridente Rogge.

Ele também se disse satisfeito pelo fato de não ter havido nenhum resultado positivo de doping até o momento nos Jogos, iniciados em 12 de fevereiro.

"Nossos especialistas não esperam que os atletas usem muitas drogas que atualmente não conhecemos", comentou.

 
<p>Medalhista de prata Nina Li da China, comemora depois de seu segundo salto de esqui a&eacute;reo livre feminino na montanha Cypress em Vancouver. Segundo o presidente do COI, Jacques Rogge, na quarta-feira, o entusiasmo em Vancouver na Olimp&iacute;ada de Inverno n&atilde;o tem paralelo. 24/02/2010 REUTERS/Mark Blinch</p>