Fifa aumenta quantidade de ingressos mais baratos para a Copa

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 16:16 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - Os organizadores da Copa do Mundo anunciaram nesta quinta-feira um aumento no número de ingressos mais baratos para os moradores da África do Sul para a competição deste ano.

O chefe do comitê de organização, Danny Jordaan, disse a jornalistas que os organizadores decidirem aumentar de 11 para 29 por cento a quantidade de ingressos mais baratos, com o intuito de facilitar o acesso de sul-africanos mais pobres aos jogos do Mundial.

A decisão deve impulsionar as vendas de ingressos, que não deslancharam no exterior, mas também vai acabar prejudicando a receita da Copa do Mundo, que começa no dia 11 de junho.

Jordaan disse que a medida foi tomada após solicitações de fãs, sindicatos e políticos em nome dos sul-africanos mais pobres, mas garantiu que a perda de receita não vai prejudicar o andamento do torneio.

"Fizemos esse compromisso de termos um torneio acessível, para que os torcedores de futebol que apoiam o esporte por todos esses anos agora não sejam excluídos", disse ele.

Os ingressos mais baratos, chamados de categoria 4, são destinados especialmente para moradores da África do Sul ao preço de 140 rands (17,95 dólares) para os jogos da primeira fase. O preço representa um quarto do valor dos ingressos mais baratos em outras categorias, mas, ainda assim, são seis vezes mais caros que o preço de um ingresso normal para a liga sul-africana.

Críticos afirmam há bastante tempo que os ingressos são caros demais para os torcedores sul-africanos.

Até o momento, 2,24 milhões de ingressos da Copa foram vendidos, o que significa que outros 660.000 estão disponíveis, a pouco mais de 100 dias do início do Mundial.

(Reportagem de Gordon Bell)