February 28, 2010 / 8:16 PM / 7 years ago

Ribery leva o Bayern de Munique à liderança

3 Min, DE LEITURA

<p>Os jogadores do Bayern de Munique Thomas Mueller, Franck Ribery e Philipp Lahm comemoram o gol da partida contra o Hamburgo, em Munique, 28 de fevereiro de 2010. Com um gol tardio, Ribery deu ao Bayern de Munique uma vit&oacute;ria de 1 x 0 sobre o Hamburgo em casa que levou o time ao topo da primeira liga alem&atilde;.Michaela Rehle</p>

MUNIQUE (Reuters) - Com um gol tardio, Franck Ribery deu ao Bayern de Munique uma vitória de 1 x 0 sobre o Hamburgo em casa que levou o time ao topo da primeira liga alemã.

O francês disparou pela esquerda, desviou de seu marcador e conferiu com um tiro no canto do travessão aos 33 minutos da segunda etapa.

A vitória deixou o Bayern com 52 pontos em 24 jogos, dois pontos acima do ex-líder Bayer Leverkusen, que fez um empate sem gols com o Colônia em casa no sábado.

O Schalke 04, que bateu o arqui-rival Borussia Dortmund por 2 x 1 na sexta-feira, está outros dois pontos atrás na terceira colocação.

O Hanover 96 terminou o fim de semana na zona de rebaixamento após perder de 1 x 0 em casa para o campeão Wolfsburg graças a um gol de Zvjezdan Misimovic na outra partida do domingo. A equipe sofreu sua nona derrota consecutiva e caiu para 17 na competição de 18 times com 17 pontos, um atrás do Nuremberg, que fez um empate sem gols com o Bochum no sábado e entrou na zona de rebaixamento.

"Foi uma partida equilibrada, o Hamburgo tem jogadores muito bons mas um só decidiu o jogo", disse o técnico do Bayern, Louis van Gaal.

"Acho inacreditável que um time que ainda não perdeu não lidere a tabela, mas isso diz algo sobre nós", acrescentou o carismático holandês.

O Bayern parecia estar ficando sem ideias até Ribery conferir.

Os anfitriões fizeram um início de jogo animado, com Arjen Robben perturbando o adversário com suas disparadas pela direita. Mark van Bommel teve um chute desviado e Thomas Mueller forçou Frank Rost a fazer uma defesa difícil na primeira meia hora de partida.

O Hamburgo começou a se alarmar quando Piotr Trochowski e Mladen Petric desperdiçaram oportunidades. Mas o time, quarto com 40 pontos, conseguiu frustrar o clube da casa durante a maior parte do segundo tempo.

Por outro lado, as tentativas de Robben se mostravam cada vez mais improdutivas e previsíveis e as finalizações do Bayern se perdiam a todo momento.

Ribery parecia o mais perigoso, errando um tiro por pouco antes de abrir o placar perto do encerramento.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below