Maradona pede que Argentina pare de viver do passado

segunda-feira, 1 de março de 2010 20:41 BRT
 

Por Brian Homewood

MUNIQUE (Reuters) - O técnico Diego Maradona pediu aos argentinos na segunda-feira que parem de viver do passado em termos de futebol, e prometeu dar ao país algo de novo para comemorar.

A Argentina ganhou as Copas de 1978 e 86, mas desde então só acumulou fracassos - inclusive ao perder a final de 1990 contra a Alemanha -, apesar de sempre mostrar um futebol competitivo e bonito.

"Quero que a Argentina acredite em novos heróis, para que não fiquemos estagnados assistindo ao que aconteceu há 24 anos", disse Maradona, que foi o capitão e grande craque da seleção na Copa de 86.

"Quero algo novo. Por muito tempo pareceu que íamos chegar lá, mas nunca acabamos ganhando a Copa. Não quero que fiquem repetindo a mão de Maradona (no célebre gol contra a Inglaterra em 86), Mario Kempes (destaque na Copa de 78), essas histórias. Quero que falemos de Lionel Messi, Gonzalo Higuain, Diego Milito, Martin Palermo, Javier Mascherano."

"Não quero que esqueçam o nosso time de 1986, mas quero que a Argentina tenha novos campeões mundiais", acrescentou Maradona, cuja equipe enfrenta a Alemanha num amistoso na quarta-feira.

"Temos de ir com a gana que um time precisa para ser campeão do mundo. Temos os jogadores para isso", completou.

A Argentina está no Grupo B na Copa da África do Sul, que começa em 11 de junho. Na primeira fase, o time de Maradona enfrenta Nigéria, Grécia e Coreia do Sul.