Indiano Chandhok será companheiro de Bruno Senna na F1

quinta-feira, 4 de março de 2010 19:21 BRT
 

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O indiano Karun Chandhok foi confirmado nesta quinta-feira como piloto da equipe HRT e fará sua estreia na Fórmula 1 neste ano. Ele será companheiro de Bruno Senna.

A nova equipe, cujo controle foi assumido pelo empresário espanhol Jose Ramón Carabante e trocou o nome de Campos para Hispania Racing F1 Team, exibiu também o carro que estará no grid a partir do Grande Prêmio do Barein, dia 14 de março.

Chandhok, de 26 anos, e Bruno Senna foram companheiros em 2008, quando o brasileiro conquistou o vice-campeonato da Fórmula GP2 pela iSport.

"Karun nos impressionou na Fórmula GP2 e será ótimo ter um piloto indiano no GP da Índia", disse o chefe da equipe, Colin Kolles.

A Índia, com um circuito ainda em construção em Nova Délhi, deve entrar no calendário da F1 no próximo ano. O país teve apenas um piloto na categoria --Narain Karthikeyan, que correu pela Jordan em 2005.

Bruno, que acompanhou de perto a produção do carro na fábrica italiana Dallara, está ansioso pela estreia na F1.

"O carro tem umas ideias legais. Mas, claro, temos um longo trabalho pela frente, uma vez que não participamos dos testes de inverno na Espanha", disse ele em comunicado.

"Continuo com a expectativa inicial. Acredito que uma meta realista será brigar para ser a melhor das pequenas e tentar terminar sempre que possível na zona de pontos."

Sem pilotar um carro de corrida desde outubro passado, quando testou um GP2 em Jerez de la Frontera, Bruno pretende treinar de kart durante o fim de semana na Inglaterra.

(Com reportagem adicional de Tatiana Ramil em São Paulo)

 
<p>Os pilotos Bruno Senna e Karun Chandhok na apresenta&ccedil;&atilde;o da equipe Hispania Racing. 04/03/2010 REUTERS/Heino Kalis</p>