7 de Março de 2010 / às 16:31 / em 7 anos

Espanha e Rússia avançam para quartas-de-final da Copa Davis

<p>O tenista espanhol David Ferrer comemora um ponto contra o su&iacute;&ccedil;o Stanislas Wawrinka pela Copa Davis, em Logro&ntilde;o, Espanha, 7 de mar&ccedil;o de 2010. Ferrer bateu Wawrinka por 3 sets a 0 (6-2, 6-4 e 6-0) para garantir a classifica&ccedil;&atilde;o da desfalcada campe&atilde; Espanha &agrave;s quartas-de-final do campeonato.Vincent West</p>

MADRID (Reuters) - David Ferrer bateu o suíço Stanislas Wawrinka por 3 sets a 0 (6-2, 6-4 e 6-0) para garantir a classificação da desfalcada campeã Espanha às quartas-de-final da Copa Davis, neste domingo, garantindo um confronto fora de casa contra a França.

A vitória de Ferrer pela a primeira rodada da Davis em Logrono deu à Espanha, desfalcada dos lesionados Rafael Nadal, Fernando Verdasco e Juan Carlos Ferrero, uma vitória por 3 a 1, resultado estimulante para um terceiro título consecutivo.

Mikhail Youzhny assegurou o lugar da Rússia entre os oito melhores ao massacrar Somdev Devvarman, da Índia, por 3 sets a 0 (6-2, 6-1 e 6-3) em Moscou, fechando a vitória russa por 3 a 2. Os campeões de 2006 irão enfrentar a Suécia ou a Argentina.

França, a finalista de 2009 República Tcheca e a campeã de 2005 Croácia garantiram suas classificações ao vencer suas chaves por 3 a 0 no sábado. Os franceses derrotaram a Alemanha em Toulon, a República Tcheca eliminou a Bélgica em Bree e os croatas venceram o Equador em Varazdin.

Ferrer, 16o do mundo, venceu o primeiro set no saibro da Plaza de Toros de la Ribera, antes de o 19o do mundo Wawrinka voltar bem para a segunda parcial e abrir vantagem de 4-1.

No entanto, o espanhol venceu cinco games seguidos e Wawrinka perdeu a calma quando Ferrer virou para 5-4, quebrando sua raquete no chão, incorrendo na perda de um ponto.

O suíço, capitão da equipe na ausência do número 1 do mundo Roger Federer, caiu aos pedaços no terceiro set, diante de algumas jogadas brilhantes de Ferrer, que encantou os barulhentos torcedores espanhóis vestidos em vermelho e amarelo.

Foi a 19a vitória seguida da Espanha em casa pela Copa Davis. A última derrota espanhola em seus domínios foi para o Brasil em 1999.

Os tchecos enfrentarão Chile ou Israel em julho pelas quartas-de-final, enquanto a Croácia terá pela frente os Estados Unidos ou a Sérvia.

A série entre Chile e Israel em Coquimbo foi remarcada para começar no sábado, devido ao transtorno causado pelo terremoto da semana passada e os chilenos venceram os dois jogos de simples, abrindo vantagem de 2-0 antes da partida de duplas neste domingo.

O sérvio Novak Djokovic, número dois do mundo, pode garantir a classificação de seu país mais tarde no domingo quando joga contra o norte-americano John Isner, enquanto a Argentina e Suécia se enfrentam num confronto em piso sintético para decidir a vaga na quinta partida, depois de um empate em 2-2, em Estocolmo.

Reportagem adicional de Inmaculada Sanz

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below