Ronaldinho Gaúcho mantém esperança de ir à Copa da África do Sul

quarta-feira, 10 de março de 2010 09:23 BRT
 

RIO (Reuters) - As declarações recentes do técnico Dunga indicando que Ronaldinho Gaúcho estaria fora de seus planos para a Copa do Mundo da África do Sul não tiraram a confiança do meio-atacante do Milan de que poderá disputar seu terceiro Mundial.

O jogador do Milan, de 29 anos, afirmou em entrevista a uma rádio que acredita em seu potencial dentro de campo para convencer o treinador de que merece uma nova oportunidade, após ter deixado a desejar quando foi convocado para as Olimpíadas de Pequim-2008.

"Eu acredito, sempre sou muito positivo. Se eu estiver jogando muito bem no Milan, nesse nível de jogo, acredito que vou participar", disse Ronaldinho, que recentemente voltou a jogar bem pelo Milan, em entrevista na terça-feira à Rádio 730, de Goiânia, e disponilibilizada no site da emissora (www.radio730.co.br).

"E não só desta Copa, como de 2014 também. É um sonho meu. Espero me manter em altíssimo nível até lá, e espero disputar essas duas Copas do Mundo", acrescentou o jogador, referindo-se também ao Mundial seguinte, que será realizado no Brasil.

Ronaldinho foi eleito o melhor do mundo em 2004 e 2005, mas sofreu um declínio em sua carreira ao mesmo tempo em que supostamente envolveu-se em problemas foras das quatro linhas.

O atacante afirmou que voltou a jogar tão bem quanto nos anos do Barcelona e que está disposto a atuar em diferentes posições para conseguir uma vaga na seleção

"O nível de jogo está igual, a diferença é que na Espanha a gente conquistou muitos títulos. Faltam os títulos aqui no Milan, mas no meu nível individual acho que está igual", afirmou.

"Sobre a posição, já joguei no meio, já joguei mais na frente. No Barcelona e também agora no Milan fiz uma função mais pela esquerda. Já joguei de centroavante, e também mais pela direita. Então para mim não tem problema nenhum em me adaptar", acrescentou.

O técnico Dunga afirmou após o amistoso vencido pelo Brasil por 2 x 0 contra a Irlanda, na semana passada, que Ronaldinho teve sua chance na Olimpíada e que agora a decisão final cabe ao treinador. A convocação dos 23 jogadores para a Copa será em meio.

Ronaldinho teve atuação decisiva para ajudar o Brasil a vencer a Copa de 2002, mas foi duramente criticado após a derrota brasileira para a França nas quartas-de-final da Copa de 2006.

(Por Pedro Fonseca)

 
<p>Ronaldinho Ga&uacute;cho fala depois de ser nomeado representante da ONU para Esportes, em Nova York. O jogador do Milan afirmou nesta quarta-feira que acredita em seu potencial para convencer o t&eacute;cnico Dunga a inclui-lo na sele&ccedil;&atilde;o para a Copa do Mundo na &Aacute;frica do Sul. 11/08/2006 REUTERS/Chip East</p>