Dois gols de Robben colocam Bayern de volta ao topo

sábado, 13 de março de 2010 18:07 BRT
 

BERLIM (Reuters) - O holandês Arjen Robben marcou dois gols em sete minutos para garantir ao Bayern de Munique uma suada vitória por 2 x 1 sobre o Freiburg para colocar o time de volta na liderança do Campeonato Alemão.

Robben, que tem tido um desempenho brilhante na sua primeira temporada na Alemanha, garantiu novamente os pontos para os bávaros que jogaram sem Franck Ribery, Mario Gomez e Martin Demichelis, machucados, e Bastian Schweinsteiger, suspenso.

Freiburg saiu na liderança com gol de Cedric Makiadi, mas o atacante holandês conseguiu virar a partida. O jogo foi o primeiro após o time alemão conseguir a vaga para as quartas-de-final da Copa dos Campeões.

"É impressionante como ele (Robben) está jogando", disse o holandês técnico do Bayern Louis van Gaal. "Eu estou muito feliz por tê-lo no meu time", acrescentou.

Com o resultado, o Bayern tem 56 pontos em 26 partidas, na frente do Schalke que possui 54 pontos após a vitória sobre o Stuttgart por 2 x 1 na sexta. O terceiro colocado Bayer Leverkusen enfrenta o Hamburg no domingo.

O time campeão da temporada passada, o Wolfsburg, mantém a esperança de conseguir uma vaga nas competições européias após a vitória por 4 x 0 contra o Borussia Moenchengladbach. Dois gols do bósnio Edin Dzeko colocaram o time na oitava posição com 37 pontos.

Já o ameaçado Hertha Berlin viu as chances de continuar na primeira divisão da Alemanha diminuírem após a derrota por 2 x 1 para o Nuremberg. O gol da vitória do rival aconteceu nos acréscimos da segunda etapa com o grego Angelos Haristeas.

Torcedores do Hertha invadiram o campo após o apito final e foram contidos pela polícia. Após o conflito, cerca de 30 pessoas foram detidas.

 
<p>Robben comemora gol contra o Freiburg, em Munique. O holand&ecirc;s Arjen Robben marcou dois gols em sete minutos para garantir ao Bayern de Munique uma suada vit&oacute;ria por 2 x 1 sobre o Freiburg para colocar o time de volta na lideran&ccedil;a do Campeonato Alem&atilde;o.13/03/2010.REUTERS/Michael Dalder</p>