16 de Março de 2010 / às 17:49 / 8 anos atrás

Tiger Woods anuncia retorno ao golfe em abril após escândalo

<p>Tiger Woods durante partida no torneio do Presidents Cup no Parque Harding em S&atilde;o Francisco, na Calif&oacute;rnia em outubro. O n&uacute;mero 1 do golfe mundial, que se afastou do esporte no ano passado depois de um esc&acirc;ndalo, anunciou na ter&ccedil;a-feira que vai voltar ao golfe profissional Masters dos EUA em abril. 08/10/2009 REUTERS/Shaun Best/Arquivo</p>

Por Pascal Fletcher

MIAMI (Reuters) - O número 1 do golfe mundial, Tiger Woods, que se afastou do esporte no ano passado depois de um escândalo de adultério que prejudicou sua imagem, anunciou na terça-feira que vai voltar ao golfe profissional Masters dos Estados Unidos, no início de abril.

“Foi no Masters que eu tive minha primeira vitória importante, e encaro esse torneio com grande respeito. Depois de um período longo e necessário afastado do esporte, sinto que estou preparado para iniciar minha temporada”, disse Woods em comunicado publicado em seu site na Internet.

O torneio Masters em Augusta, Geórgia, vai acontecer entre 5 e 11 de abril. Tiger Woods já venceu o torneio quatro vezes.

“Os campeonatos principais sempre foram um foco especial em minha carreira, e, como profissional, acho que Augusta é o lugar onde preciso estar, apesar de ter passado algum tempo sem jogar”, disse Woods, que é um dos atletas mais famosos e mais bem pagos do mundo.

Em dezembro passado, Tiger Woods, 34 anos, anunciou seu afastamento voluntário do golfe profissional para salvar seu casamento, depois de virem à tona revelações sobre infidelidades conjugais repetidas dele. Ele pediu desculpas a sua família e a seus fãs, mas até esta terça não tinha dado pistas sobre quando poderia voltar a competir.

O escândalo teve início em novembro passado, quando Woods bateu seu carro diante de sua casa, na Flórida, no meio da noite. O incidente bizarro desencadeou uma enxurrada de especulações sobre sua vida particular.

No mês passado, Woods fez sua primeira aparição pública, cuidadosamente orquestrada, desde a desmoralização que abalou seus patrocinadores, que tinham investido muitos milhões de dólares nele.

Woods disse que se arrependia de ter traído a mulher e que estava fazendo terapia, mas não deu detalhes sobre o tratamento.

Ele afirmou à época que pretendia retornar ao golfe “algum dia”, possivelmente este ano, mas não especificou quando.

“Fiz quase dois meses de terapia e estou levando meu tratamento adiante. Vou retornar às competições, mas ainda tenho muito trabalho a fazer em minha vida pessoal”, disse Woods no comunicado à imprensa na terça-feira.

Reportagem adicional de Simon Evans

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below