John Terry pode ser punido após criticar árbitros da Uefa

domingo, 21 de março de 2010 16:09 BRT
 

LONDRES (Reuters) - O capitão do Chelsea John Terry criticou os árbitros da Uefa após a eliminação do seu time da Copa dos Campeões da Europa. O time inglês foi eliminado na última semana em partida contra a Inter de Milão.

Terry, que teve várias entrevistas publicadas em jornais britânicos neste domingo, pode ser punido pela Uefa ao dizer que péssimas decisões dos árbitros culminaram em derrotas do Chelsea não só para a Inter de Milão, mas também para o Barcelona na temporada passada.

O Chelsea teve dois pênaltis não marcados pelo árbitro alemão Wolfgang Stark na partida contra a Inter, enquanto o árbitro norueguês Tom Henning Ovrebo rejeitou as reclamações dos ingleses sobre quatro pênaltis em Stamford Bridge contra o Barcelona na semifinais da competição passada.

Terry disse também que Stark o "desrespeitou" como capitão do Chelsea quando foi falar com o árbitro e ele supostamente virou às costas para o jogador. "Nós jogamos mal, mas o árbitro teve uma partida muito pior. Não é razoável ter algo assim a essa altura da competição. Nós damos o melhor para chegar na fase decisiva e, em dois anos seguidos, ficamos de fora por conta de arbitragens ruins. Precisamos de alguém no clube que enfrente a Uefa", disse o zagueiro.

Terry, que ocupou muitas manchetes por motivos errados nessa temporada, disse ainda: "Não vou dizer que estamos enfrentando uma conspiração. Não vou usar essa palavra, mas estou muito frustrado com o que aconteceu".