Ferdinand escondeu extensão de lesão do Manchester United

domingo, 21 de março de 2010 17:32 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Rio Ferdinand, jogador do Manchester United, revelou que a contusão em suas costas foi tão séria que ele mal conseguia se mover. O zagueiro acrescentou que ele conseguiu esconder a extensão do problema do técnico Alex Ferguson.

Após o tratamento com injeções na coluna e fisioterapia, o jogador conseguiu curar o problema que durou 18 meses. Durante esse período, Ferdinand precisava tomar analgésicos para dormir e ficava incapaz de treinar por períodos que chegavam a cinco dias consecutivos.

Ele espera, agora, estar totalmente recuperado para a disputa da Copa do Mundo na África do Sul. Além de ser o zagueiro titular da Inglaterra, ele também foi efetivado como capitão do time.

Em entrevista para o News of the World, Ferdinand disse que ele foi forçado a revelar a verdade ao seu treinador após a derrota por 2 x 0 contra o Liverpool em outubro passado, quando Fernando Torres passou facilmente por ele para abrir o placar.

"No dia seguinte após um jogo, eu ficava encolhido, sem poder me mover. Era muito sofrido, ficava sem treinar por quatro, cinco dias. Até conseguia jogar, mas eu perdia de 60 a 70 por cento dos treinos", disse Ferdinand.

Após a revelação, o jogador e a comissão técnica decidiram poupar o jogador por três meses para acelerar sua recuperação. Com isso, Ferdinand voltou aos gramados em janeiro e se diz recuperado da lesão.