Emoções na Austrália afastam fantasma da "chatice" na F1

segunda-feira, 29 de março de 2010 10:54 BRT
 

Por Ian Ransom

MELBOURNE (Reuters) - O Grande Prêmio da Austrália teve rodadas e emoções suficientes para calar os que exigiam novas regras para tornar a Fórmula 1 mais atraente, depois da tediosa prova de abertura da temporada no Barein.

A natureza fez sua parte, jogando chuva na apertada e trepidante pista do circuito de rua de Albert Park minutos antes da largada. Mas os pilotos também colaboraram, numa prova acirrada, em que a estratégia falou mais alto.

O GP do Barein foi praticamente definido no treino classificatório, já que a corrida mesmo teve poucas ultrapassagens, levando os críticos a defenderem mudanças como a obrigatoriedade de um segundo pitstop ou a adoção de pneus menos duráveis, para tornar as corridas mais disputadas e imprevisíveis.

"Estou feliz por não termos realmente saltado para conclusões ou ideias demais, porque acho que esta corrida foi ótima", disse o vencedor Jenson Button, da McLaren, recompensado pela decisão de colocar pneus lisos quando a pista ainda estava escorregadia.

"Ultrapassar carros no circuito e ver pela tela com muita emoção acontecendo é ótimo", disse o atual campeão mundial.

Os dirigentes da categoria esperavam que a proibição do reabastecimento iria trazer emoção para o final das corridas, em que pilotos com pneus gastos teriam de resistir às investidas dos que fizeram trocas.

Tal esperança pareceu se concretizar em Melbourne, quando vários pilotos alcançaram Robert Kubica, da Renault, e Felipe Massa, da Ferrari, em uma última tentativa de brigar por um lugar no pódio.

Mas ainda resta ver se tantas emoções vão se repetir no próximo fim de semana na Malásia, onde ultrapassagens são tão difíceis quando no Barein.

Button disse que com as atuais regras os carros têm um pneu dianteiro muito mais fino, "de modo que mecanicamente você tem menos aderência". "Quando você perde força para baixo, ao seguir outros carros, você tem menos aderência, então acho que (ultrapassar) ficou mais difícil neste ano."

 
<p>Piloto da McLaren Jenson Button comemora depois de vencer o Grande Pr&ecirc;mio da Austr&aacute;lia em Melbourne. O campeonato teve rodadas e emo&ccedil;&otilde;es suficientes para calar os que exigiam novas regras para tornar a F&oacute;rmula 1 mais atraente, depois da tediosa prova de abertura da temporada no Barein. 28/03/2010 REUTERS/Scott Wensley</p>